Esportes

Será que tem fogo?

Dragão encara o América-RN, no Serra Dourada, e precisa vencer por dois gols para avançar na Copa do Brasil

diario da manha

Álvaro de Castro,Da editoria de Esportes

O Atlético tem, hoje, uma parada duríssima pela Copa do Brasil. O time comandado por Marcelo Martelotte recebe o América de Natal. A partida é válida pela 2ª fase do torneio mata-mata mais importante do Brasil. O jogo acontece às 19h30, no Estádio Serra Dourada. No 1º duelo, o Mecão saiu vencedor pelo placar de 4 a 2. Para o Dragão, apenas a vitória por dois ou mais gols de diferença importa. Em caso de repetição do resultado, o duelo vai para as penalidades máximas.

Martelotte, inclusive, faz muito mistério quanto a equipe que vai para o jogo. O último treino antes do duelo foi fechado para a imprensa. Apenas os 15 primeiros minutos foram liberados para que repórteres e fotógrafos pudessem acompanhar o treinamento. A tendência é que Martelotte promova algumas alterações em detrimento dos últimos jogos. A principal surpresa seria a entrada de um terceiro atacante, no caso, Luisinho ganharia chance ao lado de Rafinha e Juninho. Anderson Pedra também deve retornar ao time titular. Murilo, que ficou longo período afastado pro contusão muscular, deve retornar.

O Dragão vem de duas derrotas seguidas, Martelotte tentou desvincular o último revés para o Ceará desse jogo: “As competições são diferentes, Série B e Copa do Brasil não são comparáveis. O mais importante é seguirmos no torneio. A gente sabe que o mais importante é seguirmos. A Copa do Brasil é um torneio que dá as condições iguais. Não pensamos em derrota, muito menos na desclassificação”, comentou.

Titular do time, Anderson Pedra deve retornar aos 11 iniciais, sobre isso o técnico falou: “A questão da saída do Pedra está ligada ao longo período fora do time. Para um jogador que ficou 1 ano sem atuar, temos que dar um descanso, por isso não jogou contra o Ceará. Ele está a disposição e vou definir qual vai ser a melhor opção”, ressaltou Martelotte.

Apesar de precisar fazer muitos gols, o Atlético não vai ter nenhum centroavante disponível no elenco: “A gente tem que buscar alternativas. O ideal é que tenhamos um centroavante no elenco. O Arthur não vai poder jogar, infelizmente. Porém, temos a chance de fazermos muitos gols, mesmo sem um atacante de ofício. Fizemos dois gols no primeiro jogo. O Juninho pode fazer esse papel e está vindo muito bem”, finalizou.

 

América

O América de Natal, após a boa vitória sobre o Atlético na Copa do Brasil (4 a 2), estreou bem no Brasileiro Série C. O Mecão empatou em 1 a 1 contra o Águia de Marabá. O jogo teve muita reclamação do técnico Roberto Fernandes, expulso da partida. Fora isso, o time teve dois jogadores com cartão vermelho, Maguinho e Adriano Pardal. Virando a página, a equipe potiguar pode perder por até 1 gol de diferença, em Goiânia, que fica com a vaga.

Fernandes vai contar com o novo reforço do time Rafael Estavam que, regularizado, viajou para Goiânia e está à disposição. O lateral esquerdo de 26 anos chegou da Caldense-MG. Outra boa notícia foi o “fico” do artilheiro Max. O centroavante já marcou 17 gols na temporada e renovou o contrato por mais 1 ano.

grafico

Comentários

Mais de Esportes