Esportes

Vai encarar?!

Lutadores são aprovados na pesagem oficial. Empurrões acontecem na encarada, mas protagonistas mantêm clima amistoso

diario da manha

O clima estava quente na pesagem do UFC Goiânia, realizado na Goiânia Arena, ao lado do Estádio Serra Dourada. Contando com encaradas duras, que por vezes teve de ter a intervenção do matchmaker do UFC, Joe Silva, para separar os lutadores, todos os atletas do card principal e do preliminar bateram o peso, não havendo necessidade de multas por parte da organização. Apesar disso, a encarada da luta principal, entre Thiago Alves Pitbull e e Carlos Condit foi amistosa.

Uma das encaradas entre lutadores que precisou de intervenção foi entre o brasileiro Lucas Mineiro e o Bósnio Mirsad Béktic. O europeu  subiu ao palco provocando a torcida que estava presente no Goiânia Arena, que cantava para Béktic o tradicional “Uh! Vai Morrer!”. Quando Lucas Mineiro deixou a balança, foi em direção a encarada com o bósnio Béktic, e os dois acabaram trocando empurrões, tendo de ser separados. Após serem separados, os lutadores continuaram se provocando, para o delírio dos presentes.

Os protagonistas do coevento principal da noite no UFC Fight Night, Charles do Bronx e o americano Nik Lentz foram dois outros lutadores que proporcionaram uma encarada tensa, tendo também de ser separados no palco por Joe Silva. Ambos os lutadores olhavam fixamente um para o outro e enquanto isto acontecia, trocavam provocações.

Após a pesagem, o brasileiro Charles do Bronx se mostrou bastante entusiasmado com a luta e se diz com “sede de vitória” na luta contra o americano Nik Lentz.

“Essa luta tinha que ter acontecido há muito tempo, esse aqui é o meu país e mostrei a ele para que eu vim. Estou com vontade de lutar, estou focado e sei o que fazer lá em cima. Estou com sede de vitória”, disse Charles após a pesagem.

Mas, em uma das lutas na qual se esperava mais tensão, teve uma pesagem bastante tranquila. Tanto o brasileiro Thiago “Pitbull” Alves quanto o americano Carlos Condit, ambos veteranos do UFC, seguiram o protocolo com profissionalismo e não tiveram de ser separados.

Condit, que é ex-campeão interino e já disputou o título da categoria meio-médio contra o canadense Georges Saint Pierre, está confiante em sua capacidade e acredita que a luta não irá para o quinto round.

“Me sinto ótimo para esta luta. O Thiago é um grande oponente e eu vou ter que fazer o meu melhor jogo. Minha recuperação foi muito longa e dura, mas sou um lutador melhor que antes. Eu duvido muito que esta luta vá para o quinto round”, salientou o americano.

Já Pitbull foi mais direto em suas palavras e pregou respeito ao seu adversário, um ex-campeão da categoria.

“Estamos preparados para tudo, tanto a trocação ou o chão. Mas temos duas estratégias: ou ele vai correr de mim ou vai tentar trocar. Ele sempre é perigoso, já foi campeão interino, mas eu não me preocupo com ele, prefiro pensar no que eu vou fazer. Sou melhor que ele em tudo. Vou manter a confiança para bater nele”, disse Thiago Pitbull.

As lutas do UFC Goiânia iniciam hoje, a partir das 20h, no Goiânia Arena, com os portões sendo abertos a partir das 18h30. O card principal inicia por volta das 23h.

 

Lutador tem que pesar sem roupa para conseguir bater peso

Foto:cristovão matos
Foto:cristovão matos

Um fato curioso aconteceu quando da pesagem do canadense Ryan Jimmo. O lutador da categoria meio-pesado pediu uma toalha para se pesar sem roupas e como não havia alguém que pudesse auxiliar Joe Silva a segurar uma das pontas da toalha, uma funcionária do UFC acabou realizando a tarefa. Os fãs que estavam presentes riram muito da funcionária, pois era evidente o constrangimento pela situação. As ring girls afastaram-se e deram as costas para o atleta, que assim como os fãs estava rindo do ocorrido.

 

tags:

Comentários

Mais de Esportes