Esportes

Bêbado, Vidal bate sua Ferrari e dorme na delegacia

Da redação

diario da manha

 

O volante chileno Arturo Vidal, artilheiro da Copa América com três pontos, sofreu um acidente de carro, na terça-feira (9), quando voltava à concentração. O meia bateu com sua Ferrari em outros três veículos, a 25km de Santiago, e foi levado ao Hospital de Buín.

O jogador da Juventus estava acompanhado da esposa. Eles não sofreram ferimentos graves, apenas ferimentos leves, segundo informações do centro médico.

De acordo com a imprensa chilena, Vidal fez exame de alcoolemia e foi constatado que ele havia consumido bebida alcoólica. Arturo Vidal estava em Cassino Monticello, localizado entre Santiago e Rancagua, onde tinha passado a tarde com a esposa. Ele é até o momento o maior goleador da Copa América, com três gols.

O jogador foi liberado, ontem, da delegacia e voltou à concentração da seleção chilena pedindo desculpas pelo ocorrido: “Eu peço desculpas a todos, esse acidente foi culpa minha. Ontem, fui ao cassino e tomei umas bebidas. Pus em risco a minha vida e a de minha mulher, pus em risco a vida de muitas pessoas. Estou muito arrependido disso e quero agradecer as pessoas que me apoiaram. Quero me desculpar com meus companheiros e com todo o país. É muito difícil falar, mas estou muito envergonhado por tudo o que aconteceu. Eu errei com todos e tratarei de dar o máximo. Esta oportunidade que está sendo me dada é por algum motivo”, afirmou o jogador.

De acordo com informações do jornal El Mercurio, do Chile, Vidal teve detectado 1,2 gramas de álcool por litro no sangue, após o acidente. Pela lei “Emilia”, vigente pela Comissão Nacional de Segurança de Trânsito do país, uma pessoa flagrada com mais de 0,8 gramas de álcool por litro no sangue é considerada em estado de embriaguez.

 

 

Comentários

Mais de Esportes