Esportes

Neymar: ‘Colocar juiz fraco para apitar dá nisso’

Craque não esconde a irritação por cartão amarelo durante o jogo e expulsão após a partida

[object Object]

– Têm que usar as regras contra mim. O cara limpou a espuma e não tomou amarelo, eu tomo. A bola pegou na minha mão sem intenção e tomei amarelo. São coisas que acontecem. Colocar juiz fraco para apitar dá nisso. Só fico p… com os árbitros que não apitam direito – disse Neymar, reclamando da expulsão após o jogo em Santiago, quando discutiu com jogadores colombianos.

– Houve a confusão, mas não precisava expulsar todo mundo. Acabei tomando um empurrão. Nem vi que tinha sido expulso. Eu apanho, tomo amarelo, tomo vermelho. Acontece, faz parte – lamentou.

Com a expulsão, Neymar não poderá entrar em campo domingo contra a Venezuela. O jogo válido pela terceira rodada do grupo C da competição é decisivo. Caso o Brasil se classifique, o atacante também terá que cumprir suspensão nas quartas de final. Ele só retornaria ao time numa eventual semifinal.

O técnico Dunga disse que a seleção terá que aprender a superar o desfalque sem o seu principal jogador. As duas últimas partidas oficiais que o Brasil jogou sem Neymar foram na Copa do Mundo. A seleção perdeu de 7 a 1 para a Alemanha e de 3 a 0 para a Holanda.

– Temos que estar prontos, temos um grupo. Gostaríamos de contar com ele. Não é possível. Temos de encontrar a forma de superar a falta dele e resolver a nossa situação – disse o treinador.

Neymar reconheceu que teve uma atuação abaixo da média na derrota diante dos colombianos. Ele assumiu a culpa pelo resultado adverso.

– Nosso time não foi bem, eu não joguei bem. Não tem problema nenhum. Assumo total responsabilidade – encerrou.

Com o resultado, Venezuela, Brasil e Colômbia estão empatados com três pontos no grupo C. Os venezuelanos, no entanto, jogam nesta quinta-feira contra o Peru, que ainda não pontuou, e podem se isolar na liderança da chave.

Comentários

Mais de Esportes