Esportes

Ataque continua sendo o pior da B

diario da manha

Alvaro de Castro,Da editoria de Esportes

Mesmo com a chegada de Junior Viçosa, o Atlético continua o pior ataque da Série B do Brasileiro. Clube que se caracterizou pelo futebol ofensivo nos últimos anos, o Dragão não consegue ter o mesmo desempenho em 2015. É certo que o setor melhorou desde a chegada de reforços, entretanto ainda não foi o suficiente para tirar o rubro-negro da parte baixa da tabela.  Com 16 gols marcados em 20 rodadas, a situação pode se complicar na próxima rodada.

Isso porque a dúvida sobre Junior Viçosa continua no CCT do Dragão. Sem treinar desde o início da semana, o centro-avante é possível ausência para o Atlético. Gilberto Pereira treinou durante duas formações diferentes para o setor ofensivo. Na quarta-feira, Washington e Geraldo foram os titulares ao lado de Arthur e Jorginho. Já no coletivo de ontem, quinta-feira, Weverton Gomes e Willie foram os escolhidos. O mistério só deve ser solucionado no dia da partida. Viçosa ainda pode aparecer para o jogo.

Apenas cinco jogadores marcaram gols na Série B para o Atlético. Arthur fez 8 gols, metade dos tentos do Dragão. Em seguida, Junior Viçosa fez três gols, Juninho e Jorginho marcaram dois. Márcio fecha a lista com um gol de falta. Como fator positivo, o adversário dessa semana é o Ceará, 3º pior ataque e 3ª pior defesa da Segundona.

Atlético e Ceará duelam amanhã, às 16h30, no Estádio Serra Dourada. O jogo pode distanciar o Dragão da zona de rebaixamento. O rubro-negro ocupa a 15ª colocação com 24 pontos ganhos. A partida vai ter promoção. Tratada como “O jogo da família”, os ingressos custam R$ 40 em todos os setores do estádio. Torcedores com camisa do Atlético pagam meia-entrada. Mulheres e crianças, com até 12 anos, não pagam.

Comentários

Mais de Esportes