Esportes

Readaptação em casa

diario da manha

O Vila Nova apresentou ontem pela manhã um velho conhecido da torcida colorada: o atacante Bruno Lopes. O jogador, que atuou pelo Tigre em 2010 e marcou 10 gols em 26 jogos, se tornou xodó da torcida colorada e acertou seu retorno após ficar cinco anos atuando no futebol do exterior.

O jogador se diz bastante feliz por retornar ao Tigre, onde foi bem acolhido quando atuou em 2010, e salientou estar passando por uma readaptação ao futebol brasileiro, bem diferente do da Tailândia, onde o jogador estava jogando.

“Estou muito feliz de voltar, o Vila Nova é uma casa que me acolheu bem e eu tinha o maior carinho. Estou passando por uma readaptação ao futebol brasileiro nas últimas semanas, porque o ritmo daqui é muito diferente do que na Tailândia. Os treinos eram mais leves, não tinha preparação física ou musculação, só se preocupam como o jogo em si”, falou Bruno Lopes.

Bruno também procurou exaltar o carinho da torcida colorada em seu retorno: “O Vila Nova hoje é um clube muito bem estruturado, tem outra organização. Fiquei muito feliz pela receptividade do torcedor, um carinho que eu não esperava logo de cara. Mas isso cria uma grande responsabilidade sobre meu desempenho também, porque eles esperam gols, boas atuações e vitórias e é isso que vou buscar, vou correr por eles”, ressaltou.

Sobre sua condição física, Bruno é bastante cauteloso. O jogador teve um problema sério nas costas na Tailândia e ficou afastado dos campos por algum tempo. “Minhas expectativas são as melhores possíveis, espero estar pronto rapidamente para jogar. Vou me condicionar para entrar logo e na hora certa. Acho que não estou pronto para iniciar uma partida, mas já evoluí bastante nos últimos treinamentos”, disse.

Bruno Lopes deve estar à disposição de Márcio Fernandes já contra o Confiança em casa.

 

Preparação

Dentro de campo, o técnico Márcio Fernandes comandou ontem à tarde o último trabalho antes da viagem para Natal, onde o Vila Nova enfrenta amanhã o América-RN, às 18h, na Arena das Dunas. No treino, o comandante colorado confirmou o retorno de Gustavo Bastos à zaga, ao lado de Vinicius Simon, só que no esquema 4-4-2, e não no 3-5-2 inicialmente projetado. Igor, que seria o companheiro de Gustavo e Simon, ficou no banco de reservas.

Já Vitor Pio não foi liberado pelo departamento médico colorado, pois os exames de sangue, que detectariam uma possível caxumba, não chegaram ao clube, deixando o jogador de fora dos relacionados para a viagem.

Já Marcelo retorna normalmente à lateral direita no lugar de Wanderson, com o restante do time sendo o mesmo que venceu o Icasa por 3 a 0, com Édson, Marcelo, Gustavo Bastos, Vinicius Simon e Marinho Donizete; Francesco, Arthur, Ramires e Zotti; Moisés e Vanilson.

Comentários

Mais de Esportes