Esportes

Derrota no clássico gera reunião e cobranças

diario da manha
Wagner Lopes participou de reunião de duas horas, após derrota

A reapresentação do elenco atleticano na tarde de ontem foi cercada de muito mistério. Além do tradicional trabalho de academia, atletas e comissão técnica passaram quase duas horas dentro do vestiário do Centro de Treinamentos. A conversa foi para cobrar dos atletas maior comprometimento dentro dos jogos, principalmente em clássicos.
Mais do que a derrota para o Vila Nova, a postura dentro de campo desagradou a todos no clube. Enquanto o colorado fez dois jogos na semana do clássico, o Atlético teve 10 dias de preparação apenas para esse jogo, o que intensifica a cobrança em cima dos jogadores. O temor da comissão técnica é que o elenco entre com a mesma postura em partidas decisivas, como na fase final do Goianão e Copa do Brasil.
Nomes como Jorginho e Caíque foram os mais criticados após a derrota. O meio-campo atleticano não funcionou em nenhum momento dentro do jogo. Wagner sabe disso e deve promover mudanças na equipe para o prosseguimento do Campeonato Goiano. A defesa, antes elogiada, também deve passar por alterações.
Wagner Lopes também deve repensar algumas escolhas táticas e de jogadores. Após a partida contra o Vila Nova, as entradas de Ednei e Pedro Bambu, após longo período inativos, também repercutiram de forma negativa. Caíque, encarregado de armar o time desde o campo de defesa, não mostrou nenhuma jogada bem feita na partida. Tudo isso foi debatido na reunião entre atletas e comissão técnica.
Apesar do resultado e da apatia, o Atlético continua líder do Grupo B do Campeonato Goiano. O Dragão aparece com 21 pontos e precisa somar, pelo menos, mais três pontos para se classificar para as semifinais do Goianão. Na próxima rodada, o rubro-negro tem partida complicada contra a Aparecidense. O jogo acontece no Estádio Aníbal Batista Toledo, quinta-feira (28), às 19h30. A sequência de jogos fora de casa continua no domingo (03/04), quando o rubro-negro pega o Goianésia, no Estádio Valdeir José de Oliveira.

Comentários

Mais de Esportes