Esportes

Nível de seleção

diario da manha
Lutadores exibem medalhas conquistadas no Grand Slam disputado em Vitória

Chegar à Seleção Brasileira em qualquer modalidade esportiva é um sonho, e realizar isso é uma grande conquista. E o Estado de Goiás terá, em 2016, cinco atletas de Taekwondo nas seleções Kadet, Juvenil e Adulto da modalidade.
As vagas para representar as cores do Brasil foram conquistadas durante o Grand Slam, realizado na cidade de Vitória, no Espírito Santo, no último final de semana .
Esperava-se que todos os campeões sulamericanos no ano passado conquistassem a sua vaga na seleção, no entanto, nem todos conquistaram o seu lugar, alguns por estarem em fase de transição de categoria, sentiram dificuldades em conquistar a vaga para a seleção.
Quem conseguiu a sua vaga na Seleção Brasileira foi o medalhista de prata no Eslôvenia Open, Guilherme Marinho, que desde a conquista internacional tem estado cada vez mais focado em sua carreira como atleta, e na seletiva conquistou a sua vaga na seleção Kadet até 57kg.
Guilherme afirmou que o fato de conquistar a sua vaga pesa ainda mais, pois os treinos têm que ser mais intensos “quando vencemos, passamos a pensar diferente, a vitória anima e nos dá confiança para buscar algo a mais e até a motivação é maior”.
A musa do Taekwondo goiano e filha do mestre Edgar, Dangela Guimarães, vai para o seu quarto ano de seleção no geral, sendo este o segundo como Júnior, na categoria até 46 kg e os outros dois como Kadet.
Dangela, que no ano passado conquistou o SulAmericano da modalidade, realizado em Lima, no Peru, afirmou que para ela tem um peso maior estar na seleção e que vai buscar fazer um bom trabalho e representar bem o Estado de Goiás e o Brasil nas competições internacionais que irá disputar.
A atleta afirmou que este ano ainda irá fazer lutas no Sub-21 e no adulto já se preparando para ingressar nessas categorias, nos próximos anos e focando nos jogos de Tokyo, em 2020. Mas que o foco neste momento “é treinar e chegar bem no mundial que vai ser realizado no Canadá”.
Segundo a atleta, o fato de disputar competições nas categorias sub-21 e adulto são para que ela possa ganhar experiência, por se ter atletas mais fortes e experientes, que contribuíram para o seu crescimento e concluiu ao dizer “é bom para mim, para ir ganhando experiência, para poder competir na categoria adulto”.
Quem também passa a integrar a Seleção Brasileira Juvenil é o irmão do meio do campeão sulamericano, Matheus Magalhães, Bruno Magahães na categoria até 48kg.
Bruno irá disputar as competições deste ano, que é o seu último na categoria Juvenil, pois, no próximo ano, já irá tentar a vaga no adulto. O atleta afirmou que espera ganhar experiência com as competições internacionais que irá disputar ao longo de 2016, para representar bem o Estado e o Brasil, no Mundial que será realizado no Canadá.
Outro goiano que estará presente na seleção Kadet até 41kg, também é irmão de Matheus e Bruno, dessa vez o mais novo, Rafael Magalhães, integra a seleção titular. Embora seja o menor da turma, é grande nas palavras, ao dizer o que pretende para o ano de 2016. Rafael afirmou que está realizando um sonho ao ser titular da seleção e que é mais um degrau alcançado em sua carreira, já que poderá disputar competições internacionais representando o seu país.
Guilherme Marinho e Rafael Magalhães, diferente de Dangela e Bruno, aguardam a definição do mundial Kadet, para saber se haverá o mundial da categoria e quando e onde a competição deverá ser realizada.
Técnico de Guilherme e Dangela, Edgar Guimarães afirmou de forma categórica que esse é o melhor momento que o Taekwondo goiano vive, basta ver os números, quando no ano passado foram quatro atletas na seleção e esse ano são cinco com vagas garantidas como titular.
Edgar comprovou isso com números ao citar as medalhas internacionais e os brasileiros conquistados pelos goianos durante o ano de 2015. Outro detalhe que Edgar fez questão de lembrar foi a entrada de Lucas Vieira, na seleção na categoria adulto até 63 kg, e lembrou que “desde 2009, Goiás não tinha um atleta goiano como titular da seleção adulta”.

Comentários

Mais de Esportes