Esportes

Coutinho dá show e Liverpool atropela Spartak

diario da manha
Meia brasileiro gastou a bola e marcou três gols na goleada por 7 a 0(Foto:divulgação)

 

Três gols em 18 minutos no primeiro tempo, mais dois em quatro minutos no segundo, além de outros dois para fe­char o placar. Foi dessa forma que o Liverpool goleou o Spar­tak Moscou por 7 a 0 e garan­tiu a liderança do Grupo E da Liga dos Campeões. O grande destaque do duelo foi Philippe Coutinho, autor de três gols.

Philippe Coutinho come­çou a dar mostras do que faria na partida logo na primeira vez em que tocou na bola. Tentan­do lances de individualidade, o brasileiro foi um dos pilares no triunfo dos ingleses.

Logo aos três minutos, no primeiro lance ofensivo do Li­verpool, Salah foi puxado den­tro da grande área e colocou Coutinho na marca da cal para abrir o placar. Na cobrança, o brasileiro apenas deslocou o goleiro Selikhov.

Apesar de alguns sustos, a proposta ofensiva deixou es­paços que o quarteto ofensivo do Liverpool aproveitou aos 14 minutos. A jogada coletiva co­meçou com Mané, que tocou para Salah e carregou a bola pelo meio, abrindo para Firmino, que apenas rolou para Coutinho fa­zer seu segundo gol.

Mas a disposição dos Reds não parou com o triunfo par­cial. Quatro minutos depois, Sadio Mané aproveitou o erro da defesa do Spartak na saída de bola e tentou marcar, a bola sobrou para Roberto Firmino, que pegou de três dedos e estu­fou a rede para fazer o terceiro.

Na reta final do primeiro tempo o time russo começou a assustar e obrigou interven­ções de Karius. Porém, na vol­ta do segundo tempo o show inglês continuou. Repetindo o que aconteceu nos primeiros 45 minutos, a equipe de Jurgen Klopp fez o quarto e o quinto gol em apenas quatro minutos.

No primeiro minuto, Mil­ner recebeu na linha de fundo e cruzou na medida para um voleio espetacular de Mané, sem chances para o goleiro Selikhov. Três minutos depois foi a vez do hat-trick de Cou­tinho, que arriscou da inter­mediária e contou com um desvio no meio do caminho para tirar o goleiro do Spar­tak da jogada.

A goleada ainda ficou maior! Aos 31 minutos, Mané aprovei­tou o passe de Sturridge e fez o sexto. Nove minutos depois, foi a vez de Salah deixar o dele. Depois de mais uma grande jo­gada coletiva, o egípcio deixou o marcador no chão e deu nú­meros finais ao jogo.

 

Comentários

Mais de Esportes