Esportes

Fifa suspende Guerrero por um ano por doping

diario da manha

A Federação Internacional de Futebol (Fifa) anunciou nesta sexta-feira (08/12), a suspensão do atacante do Flamengo (RJ) Paolo Guerrero por um ano, após ter sido flagrado no exame antidoping. A punição está sendo válida desde o dia 3 de novembro de 2017, data em que foi suspenso preventivamente pela primeira vez e terá duração até novembro do ano subsequente. Assim, o jogador fica impossibilitado de atuar pela seleção do Peru na Copa do Mundo de 2018.

O exame acusou o atleta de doping no dia 5 de outubro, em jogo da seleção peruana contra a Argentina pelas eliminatórias da Copa, em Buenos Aires.

“O jogador testou positivo para o metabólito da cocaína Benzoilecgonina, uma substância incluída na lista proibida da Wada de 2017 sob a classe ‘S6. Estimulantes’. […] Por testar positivo para uma substância proibida, o jogador violou o artigo 6 das Regras Antidoping da Fifa e, também, infringiu o artigo 63 do Código Disciplinar da Fifa“, diz trecho da nota da Fifa.

A porção de metabólito de cocaína identificada na urina de Guerrero é apontada como pequena. Nos exames, foram identificados somente 72 nanogramas por mililitros, valor que a Fifa considerou correspondente com a versão contada pelo atleta de que teria tomado apenas um chá antigripal. Apesar disto, a pena mínima para casos positivos é de um ano.

Outros fatores que influenciaram a punição de somente um ano foi a confissão dele com relação à ingestão do chá, assim como a falta de registro de doping durante toda sua carreira. A defesa do atleta pode recorrer ao TAS (Tribunal Arbitral do Esporte), já que o julgamento foi realizado em primeira instância.


Defesa

A defesa do atacante criticou, por meio de comunicado, a decisão da Fifa. “Guerrero e sua defesa receberam com extrema surpresa e decepção o resultado publicado pela FIFA punindo o atleta com 1 ano de suspensão mesmo reconhecendo que o jogador não faz uso de cocaína. As provas são contundentes e somadas à baixíssima concentração do metabólito comum à folha de coca não justificam em nenhuma hipótese essa decisão. Vamos recorrer até a última instância em busca de justiça e em prol do Jogo Limpo e do Esporte Justo.”

Os advogados podem apresentar recurso em até 30 dias. No entanto, o efeito não é suspensivo, ou seja, a pena continua sendo válida até que haja novo julgamento. Todo o processo pode durar mais de seis meses.

Contrato

Segundo informações da ESPN, a diretoria do Flamengo deve rescindir com o jogador que tem contrato até agosto de 2018. Até o momento não há pronunciamento por parte do clube.

 

Foto: Frame

Comentários

Mais de Esportes