Esportes

Grêmio e Real garantem premiações milionárias

diario da manha
Atacante Éverton fez o gol que garantiu pelo menos R$ 13,2 milhões aos cofres do tricolor gaúcho(Foto:divulgação)

A classificação de Grêmio e Real Madrid para a decisão do Mundial de Clubes já garantiu aos clubes a quantia de pelo menos US$ 4 milhões (cerca de R$ 13,2 milhões) aos seus co­fres. Esse é o valor que segun­do colocado recebe. O cam­peão fatura ainda mais.

Caso o tricolor gaúcho ven­ça o Real Madrid na final do Mundial de Clubes, o Grêmio vai garantir US$ 5 milhões, ou seja, R$ 16,5 milhões converti­dos para a atual cotação. A ci­fra parece grande, mas se com­pararmos com o vencedor do Campeonato Brasileiro, o Co­rinthians embolsou R$ 18 mi­lhões. Porém, o clube gaúcho deve estar lucrando bastante com patrocínios devido à dis­puta de uma competição tão almejada no futebol.

Além disso, a Fifa cobre as despesas de pelo menos 35 membros de cada delegação que participa do Mundial. O Grêmio levou aos Emirados Árabes uma comitiva com 52 pessoas, assim, uma par­te terá que ser custeada pelo próprio clube.

 

Confira a premiação de cada colocação no Mundial:

 

Campeão – US$ 5 milhões (Grêmio ou Real Madrid)

– US$ 4 milhões (Grêmio ou Real Madrid)

– US$ 2,5 milhões (Pachuca-MEX ou Al Jazira)

– US$ 2 milhões (Pachuca-MEX ou Al Jazira)

– Urawa Reds – US$ 1,5 milhões

– Wydad Casablanca – US$ 1 milhão

– Auckland City – US$ 500 mil

Comentários

Mais de Esportes