Esportes

Tigre acerta primeiros reforços para 2018

diario da manha
Sérgio Mota estava no Luverdense, pelo qual disputou o Brasileiro Série B(foto:divulgação

A expectativa entre os torce­dores já era grande. Depois de certa demora nas negociações, o Vila Nova finalmente anun­ciou as primeiras contratações para o ano que vem. E de cara já foram logo três jogadores. O meia Sérgio Mota e os atacan­tes Ramon e Reis.

Sérgio Mota chega como candidato a assumir a cami­sa 10 do Vila, depois que Alan Mineiro, vice-artilheiro do Ti­gre na última Série B, acabou não alinhando um acordo de renovação de contrato. Sérgio esteve por último no Luverden­se, onde fez 28 partidas e mar­cou quatro gols. O atleta de 28 anos foi formado na base do São Paulo e já chegou a jogar no futebol dos Estados Unidos, no Seattle Sounders.

Os outros dois reforços do Tigre chegam para ocupar va­gas no ataque. Ramon joga mais centralizado, vestiu por último a camisa do Juventu­de, na Série B que se encer­rou mês passado. No clube de Caxias do Sul, o atleta marcou quatro gols nos 29 jogos que esteve em campo.

As melhores temporadas de Ramon foram no Rio Grande do Sul, mas atuando por outros clubes. Em 2016, o jogador se destacou no Brasil de Pelotas, marcando 12 gols, e em 2015 defendeu o Lajeadense, onde balançou a rede 14 vezes.

O outro atacante que está acertado com o Vila costuma atuar mais pelos lados do cam­po. Reis tem 24 anos e estava por último no Boa Esporte. O jogador já teve uma passagem pelo futebol goiano. Em 2012, defendeu o Atlético, mas teve pouquíssimo destaque. O atle­ta fez apenas duas aparições em campo e não marcou gols.

DESPEDIDAS

Como é de costume nessa época do ano no futebol bra­sileiro, enquanto uns chegam, outros vão embora. Na tarde de ontem, o Vila confirmou que o goleiro Wendell e o atacan­te Tiago Adan não seguem no clube em 2018. Os jogadores tinham contrato até o final do Campeonato Goiano, mas fi­zeram acordos amigáveis com a diretoria e foram liberados.

A dupla se junta aos zaguei­ros Alemão e Wesley Matos, ao meia Alan Mineiro e também ao atacante Ruan formando o grupo dos atletas que já defi­niu o futuro longe do Onésio Brasileiro Alvarenga.

 

Comentários

Mais de Esportes