Esportes

Vice de futebol diz estar preparado para lidar com a pressão

diario da manha
Vice de futebol, Mauro Machado (dir) posa ao lado do presidente Marcelo Almeida(Foto:ROSIRON RODRIGUES/ GOIÁS E.C)

Eleito para o triênio 2018/20, Marcelo Almeida, que já vinha exercendo a função de presi­dente executivo após a renún­cia de Sérgio Rassi, terá mais três anos de mandato à frente do esmeraldino. Com o novo estatuto, além do aumento do tempo de mandato, também aumentaram o número de vi­ce-presidentes da equipe. Com a responsabilidade dividida, ele espera que os erros sejam minimizados.

‘’O Goiás tem que ser enxer­gado como uma grande em­presa. O clube tem uma sé­rie de problemas, que a gente que está no dia a dia vivencia. Problemas que a gente tem certe­za que podem ser con­sertados tendo pessoas competentes do nosso lado para nos ajudar”, fa­lou o presidente sobre a divisão de responsabili­dade entre ele e os vice­-presidentes.

Seguindo a linha de ra­ciocínio de Marcelo Al­meida, Mauro Machado, vice de futebol, sabe do desafio que terá pela frente, pois o futebol é o carro chefe da equipe. Com dois anos seguidos na Série B, o dirigente sabe que é hora de se voltar para a Série A. Segun­do ele, a pressão por esse ob­jetivo em 2018 deverá ser um motivador para a equipe e não algo que jogue contra o Goiás.

“Quem se propõe a mexer com futebol não tem outra for­ma de trabalhar a não ser sob pressão. Nós trabalhamos o tempo inteiro sob pressão. Nós somos vistos, somos cobrados 24 horas por dia. É um estímu­lo muito grande a pressão e eu gosto disso”, disse.

ARTILHEIRO NA ÁREA

O Goiás acertou com seu pri­meiro atacante para a próxima temporada. O nome da vez é Lu­cão, de 26 anos e que estava no Criciúma. Pela equipe catarinen­se, o atleta marcou 10 gols em 27 partidas.. O centroavante fechou contrato de um ano e é o sexto re­forço anunciado para 2018.

 

tags:

Comentários

Mais de Esportes