Esportes

Xerife prega confiança para brigar contra times da capital

diario da manha
Experiente, zagueiro Mirita vai defender a Aparecidense pela terceira vez na carreira(Foto:ANDRÉ COSTA)

A Aparecidense é o time que mais vem incomodando os três grandes da capital nos últimos anos no Campeonato Goiano. Vice-campeã em 2015, esse ano o Camaleão novamente bateu na trave ao parar na semifinal. Para o zagueiro Mirita, o que aconteceu no passado está gra­vado, mas já ficou para trás. E que em 2018 o time tem que mostrar dentro de campo que tem condições de fazer frente aos times da capital.

“Nós temos que trabalhar bas­tante, respeitar, primeiramente entre nós um ao outro, pois a bri­ga de posição será sadia, porque tem jogadores bem capacitados. E obviamente respeitar os adversá­rios, mas temos que acreditar em nós, no potencial que está sendo depositado nessa equipe. Tudo que já foi feito é passado, se nós não provarmos a cada dia cai no esquecimento’’, falou o defensor sobre as boas campanhas nos úl­timos anos, mas pregando foco para a próxima temporada.

Com as boas campanhas re­centes, a Aparecidense é consi­derada a quarta força do futebol goiano. No entanto, para Mirita, pelo equilíbrio que há no cam­peonato, a Aparecidense terá que provar dentro de campo que po­derá chegar às fases finais e quem sabe chegar ao título do Campeo­nato Goiano.

“É complicado falar que so­mos a quarta força. O Campeo­nato Goiano é muito competiti­vo, complicado. Você perde duas, três rodadas, você está lá em bai­xo. Ganha quatro, cinco, está lá em cima, então é um campeonato ni­velado, equilibrado. Não existem mais jogos fáceis, então temos que respeitar. Não adianta falar que é a quarta força se nós não colocarmos em prática, se nós não respeitarmos e nos dedicar­mos para que isso venha a acon­tecer’’, analisou o jogador sobre a força da Aparecidense e o equi­líbrio do Campeonato Goiano.

O Camaleão estreia no Cam­peonato Goiano no dia 17 de ja­neiro. A equipe recebe o atual campeão, o Goiás, em casa, no Anníbal Batista de Toledo

 

tags:

Comentários

Mais de Esportes