Esportes

Confiança em recomeço

diario da manha
Jogador rescindiu contrato com o Fortaleza, onde vinha sendo pouco aproveitado, e retornou ao clube em que foi destaque no ano passado(foto:DOUGLAS MONTEIRO/VILA NOVA F.)

“O bom filho à casa torna”. Com essas palavras o presidente do Vila Nova, Ecival Martins, iniciou a coletiva de apresentação do meia Alan Minei­ro no Onésio Brasileiro Alvarenga. O jogador retorna ao Tigre depois de passar três meses no Fortaleza e não conseguir se firmar na equi­pe cearense. Agora, Alan se prepara para defender o Vila em mais uma Série B. No ano passado ele foi o maestro do colorado na boa cam­panha que o time fez no campeo­nato nacional, que culminou com a sétima colocação.

Em suas primeiras palavras, o meia fez questão de falar dos mo­tivos que ocasionaram sua rescisão com o Fortaleza. Segundo o jogador não havia clima ruim, muito menos infelicidade. O que aconteceu foi uma busca por espaço e um dese­jo de continuar sua história no Vila.

“Falaram muito que eu não es­tava feliz jogando no Fortaleza, mas na verdade eu também fui feliz lá sim. O problema é que eu não tive oportunidade de ter uma sequên­cia de jogo, e todo jogador precisa disso. Mas isso agora já é passado, estou muito feliz em voltar ao Vila. Agora vou trabalhar em busca do meu sonho e também do sonho do clube, que é conquistar uma vaga na Série A”, explicou.

No ano passado, Alan viveu altos e baixos com a camisa do Tigre. Enquanto a equipe esta­va bem e lutando dentro do G-4 da Série B, o jogador se transfor­mou no grande ídolo do clube. Foi ovacionado pela torcida de­pois que resolveu um clássico contra o Goiás marcando dois gols ainda no primeiro tempo. Entretanto, na reta final da Sé­rie B, quando o Vila perdeu for­ças e deixou o acesso escapar, o jogador passou de heró a vilão e chegou a ser vaiado algumas vezes dentro do Serra Dourada.

“O Alan que está voltando é o mesmo que esteve aqui ano pas­sado. Um jogador que se dedica e que vai trabalhar muito para aju­dar essa camisa. Ano passado não fui só eu que caí de rendimento na reta final, foi todo o grupo. Acho que as coisas pesaram mais para mim muito por conta do desta­que que eu tive no primeiro tur­no. Mas isso é normal, eu encarei com naturalidade e tenho certeza que esse ano vai ser melhor. Se as coisas acontecerem tenho certeza que a confiança do torcedor vai re­tornar para o meu lado”, declarou.

Apesar de estar em plena for­ma física, visto que vinha treinan­do e jogando pelo Fortaleza, o ca­misa 10 ainda não poderá fazer sua estreia no próximo jogo, vis­to que não foi regularizado junto à CBF. Alan nem viajou para Ala­goas, onde o Vila encara o CRB amanhã, às 16h30. A primeira par­tida do meia em seu retorno deve ocorrer apenas no dia 28, contra o Sampaio Corrêa, no Serra Doura­da, pela terceira rodada da Série B.

 

 

34  Jogos como titular fez Alan Mineiro pelo Vila Nova no Brasileiro Série B do ano passado. Meia marcou 11 gols

 

Comentários

Mais de Esportes