Internacional

Corte do Uruguai adia anúncio do novo presidente

Eleições apertadas no utuguai, a faz a Corte eleitoral não anunciar o novo presidente. A justiça anunciou a recontagem dos votos que começa na próxima terça-feira (26/11)

diario da manha
Foto; Reprodução

As eleições para presidente do Uruguai, no último domingo (25/11), deixou o candidato opositor de centro-direita Luis Lacalle Pou à frente das apurações numa disputa muito apertada (48,7%) contra o candidato da esquerda, Samuel Martinez (47,4%0). A justiça decidiu adiar o anúncio do novo presidente ao realizara a recontagem dos votos para confirmar o favorito.

Devido à margem apertada entre os votos dos dois candidato à presidência do Uruguai, a Corte Eleitoral uruguaia decidiu adiar o anúncio do resultado das eleições por alguns dias. A Justiça afirmou que será necessário analisar os chamados “votos observados”, que são votos de pessoas idosas, com incapacidades físicas ou outras restrições. Por isso, precisam aguardarem a recontagem dos votos.

O presidente da Corte Eleitoral, José Arocena, anunciou que a recontagem dos votos para definir o próximo presidente, começará na manhã de terça-feira (26/11) e terminará, no mais tardar, na sexta-feira (29/11).

Segundo o jornal “El País”, militantes dos dois candidatos repetem a frase: “É preciso esperar”.

Com informações do Correio Brazileiense

Comentários