Meio Ambiente

Manchas de petróleo atingem o Rio São Francisco

As manchas foram encontradas na foz do Rio São Francisco, em Alagoas, durante vistoria do Ibama. Duas tartarugas foram encontradas cobertas de óleo

diario da manha
Foto: Reprodução

Durante vistoria nesta quarta-feira (9), a Marinha e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis em Alagoas (Ibama-AL) encontraram petróleo no município de Piaçabuçu, em Alagoas. As manchas de óleo atingiram a foz do Rio São Francisco.

De acordo com o Secretário do Meio Ambiente e Turismo de Piaçabuçu, Otávio Augusto, duas tartarugas foram encontradas manchadas de óleo. Uma delas, que foi localizada na foz, estava morta. O outro animal, encontrado na praia de Feliz Deserto, foi encaminhada para tratamento em Sergipe.

Crostas de óleo são vistas nas praias nordestinas desde o início de setembro. O último balanço do Ibama, sem os trechos do rio em Piaçabuçu, afirma que o petróleo já atingiu 138 áreas.

Governo tem suspeita sobre origem de manchas de óleo, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro disse, na última segunda (7) que já há uma suspeita sobre a origem da mancha de petróleo que atinge o litoral do Nordeste desde o mês passado.

De acordo com o presidente, o mais provável é que tenha sido um vazamento causado por um navio e que o produto não é produzido e nem comercializado no Brasil. 

“O que está constatado é que existe um DNA desse petróleo. Ele não é produzido no Brasil nem comercializado no Brasil. Aproximadamente 140 navios fizeram trajeto por aquela região, pode ser algo criminoso, pode ser um vazamento acidental, pode ser um navio que naufragou também. Agora, é complexo, existe a possibilidade, temos no radar um país que pode ser o da origem do petróleo e continuamos trabalhando da melhor maneira possível não só para dar uma satisfação para a sociedade, como colaborar na questão ambiental”, disse na entrada do Ministério da Defesa, após comandar uma reunião de emergência sobre o assunto.

Com informações do G1 e da Agência Brasil

Comentários