Meio Ambiente

Centro de Referência em Turismo pode se tornar realidade para região nordeste

A proposta para criação do Centro de Referencia em Turismo é que seja construído na cidade de Posse, região nordeste de Goiás, usando as instalações da própria UEG e e modelo para estado de Goiás

diario da manha
Ativista Toquinho Moreira apresenta para primeira-dama, Gracinha Caiado, o projeto de criação do Centro de Referência em Turismo

A primeira-dama do estado, Gracinha Caiado, recebeu no palácio das esmeraldas Toquinho Moreira, grande nome do turismo da região nordeste de Águas e Cavernas.

O ativista apresentou à primeira-dama, as vantagens e oportunidades de se criar no estado um Centro de Referência em Turismo. Uma aposta inovadora que pretende profissionalizar o mercado turístico e criar um polo para treinamento, capacitação, pesquisa e formação superior da área. Toquinho é grande incentivador do turismo como geração de renda, emprego e qualidade de vida.

O projeto sugeri uma parceria com a UEG na formação superior com grade de cursos voltados para o turismo, como Administração e turismo, marketing, história, geografia, fotografia e outros afins, como também cursos profissionalizantes, núcleo de pesquisa e empreendedorismo.

Fabricio Amaral, presidente da Goiás Turismo, também participo do encontro

O projeto já recebeu apreciação do presidente da Codego, Renato Castro, Marcelo Lesa, diretor do SEBRAE e Fabricio Amaral presidente da Goiás Turismo.

A proposta para criação do Centro de Referencia em Turismo é que seja construído na cidade de Posse, região nordeste de Goiás, usando as instalações da própria UEG.
Com isso Moreira garante que a região ganharia visibilidade dentro e fora do estado, pois se tornaria referência de estudos e pesquisas em turismo.

A região é cercada por cavernas, cachoeiras, muitas nascentes e belas veredas. Tem o maior parque de cavernas da américa latina, Parque Estadual Terra Ronca. Toquinho afirma, “formamos a maior região de ecoturismo do Brasil, podemos construir um grande potencial econômico através turismo, o que nos permitirá sair da condição de região mais carente do estado. Tudo o que precisamos são de políticas públicas bem estruturadas e planejamento estratégico”.

Comentários