Opinião

Bombeiros militares de Goiás: exemplo de civismo, solidariedade e excelência no trabalho

diario da manha

Ubiratan Reges de Jesus Júnior,Da editoria de Política&Justiça

O Brasil vive mais uma vez uma temporada de calamidades provocadas por acidente naturais, a exemplo das cheias, que assolam diversas cidades do Estado do Acre e outros locais na Região Norte. São intempéries que estamos todos expostos e que não acontecem por ação direta dos indivíduos. Entretanto, o que é possível fazer, no primeiro momento, é tentarmos reduzir o sofrimento de quem padece com problemas como esses, mostrando nossa responsabilidade humana e compromisso social com nossos irmãos.

Nesse sentido, o Corpo de Bombeiros Militar de Goiás deu uma mostra inequívoca do seu valor ao arrecadar com as comunidades goianas e dentro de suas unidades donativos em alimentos e outros gêneros não perecíveis para serem distribuídos às comunidades atingidas pela cheia no Acre. Foram cerca de 62 toneladas de alimentos recolhidos e devidamente embalados, que tiveram destinação integral às famílias assoladas naquele extremo Oeste do Brasil.

Na última semana, foi feita a entrega aos representantes do governo do Acre, que enviou seus emissários para receber das mãos do vice-governador de Goiás, José Eliton, e do comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Goiás, coronel Carlos Helbingen Júnior. Os alimentos e demais gêneros vão aliviar o sofrimento daquela população carente e necessitada que atravessa uma dificuldade momentânea, mas que em breve terá a certeza de que a vida voltará ao normal com as águas voltando ao seu curso natural.

O exemplo de dedicação e compromisso que nossos bravos bombeiros deixam para toda a sociedade é de uma grandeza notável e que serve para instruir toda as gerações de nossos jovens. Um bombeiro militar é antes de tudo um herói anônimo que se prepara para salvar vidas, ainda que seja submetendo a sua própria vida a riscos constantes. Essa capacidade de pensar primeiro nas vidas a salvar é inerente a almas abençoadas que enobrecem a carreira desses profissionais.

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás tem um dos melhores sistemas de formação de oficiais e praças do Brasil, sendo visitado constantemente por corporações de outras Unidades da Federação para aprimorar técnicas de busca e salvamento, combate a incêndios o outros acidentes e mesmo no desenvolvimento de novos modos de atuação em defesa da população. Os oficiais são formados em uma academia com um sistema de ensino de ponta e que demonstra a excelência que os comandantes aplicam para ter em seus quadros os mais destacados dentre os melhores. E esses oficiais possuem a singular capacidade de transmitir com confiança e seriedade para os praças o que é preciso para termos uma corporação onde os mais altos valores são uma constante e não pontuais situações de nota e elogio.

O resultado disso é que o Corpo de Bombeiros Militar de Goiás tem as melhores avaliações dentre os congêneres de todo o País em atendimento a situações de socorro, rapidez e eficiência na prestação de serviços e pronta resposta a casos de emergência. Desastres, como incêndios em reservas naturais, são prontamente combatidos com alto índice de eficiência e diminuição sensível de danos. Patrulhamento de segurança em áreas possíveis de afogamento, como no Rio Araguaia durante a temporada de julho é outra situação que envolve alto grau de profissionalismo e capacitação técnica.

A sociedade goiana pode ter a certeza de que tem na sua retaguarda uma corporação formada por homens e mulheres altamente capacitados, humanizados no trato com a população e uma visão histórica consciente do seu papel de formar a cada turma novos heróis e heroínas que dignificam a força dos bombeiros militares que sempre deram orgulho e segurança para nossa gente.

 

(Ubiratan Reges de Jesus Júnior, tenente-coronel da Polícia Militar de Goiás, diretor do Colégio da Polícia Militar Hugo de Carvalho Ramos e presidente da Associação dos Oficiais da Polícia e Corpo de Bombeiros Militar)

Comentários

Mais de Opinião

27 de outubro de 2018 as 22:23

Brasília – Prazo de validade vencido

27 de outubro de 2018 as 21:44

A estratégia de Pedro

27 de outubro de 2018 as 21:18

Bom dia, Brasil

26 de outubro de 2018 as 21:35

As propostas de Bolsonaro

26 de outubro de 2018 as 21:34

Ensaio sobre a criação do espaço

26 de outubro de 2018 as 21:33

Um amor de Goiânia

26 de outubro de 2018 as 21:32

Brasil e totalitarismo

26 de outubro de 2018 as 21:07

Esses corregedores do CNJ são uma piada

26 de outubro de 2018 as 21:00

O voo do DM

26 de outubro de 2018 as 20:57

Casos de câncer de mama sobem no País

26 de outubro de 2018 as 20:53

O Brasil pede socorro à CNBB!

26 de outubro de 2018 as 20:49

O direito de sonhar