Opinião

Desenvolvimento da inteligência

diario da manha

Elzi Nascimento e Elzita Melo Quinta

Especial para Opiniãopública

Pense: você é imortal, jamais se extinguirá – por mais que tente segunda morte – viverá por toda a eternidade. Isso é a mais pura verdade…
Bom, se é assim, então pra que pressa? Vou curtindo a vida, pois tempo não me faltará! Puro engano. O tempo é inestimável, desde que se acredite que não adianta ganhar o mundo e perder a alma…
Então, sinal de esperteza e sabedoria é buscar a qualidade de vida para o hoje e para o sempre. É usar as oportunidades para ampliar conhecimentos, produzir bons frutos, na medida do possível, que bons resultados virão.
Boas sementes plantadas, boa colheita darão. Convém fazer-se acompanhar de pessoas proativas, de preferência. As que agem no agora, as que não esperam a necessidade cobrar.
Bom também lembrar que estaremos acompanhados das pessoas certas, aquelas com quem deveremos ajustar pendências, equacionar, solucionar débitos.
Nascemos no endereço certo, pois nossa história de vida é programada pelo teor de nossos méritos. Não há possibilidade de erro com o “CEP” reencarnatório. Cuide bem desse território.
A realidade é que o Espírito está sempre voltando à vida corpórea, em outro corpo, num novo papel, mas o sujeito é o mesmo, muda o enredo, mas o ator ou atriz, na essência, são os que precisam quitar débitos, reorganizar o destino, harmonizar diferenças, por isso têm a nova chance do reencontro, sendo que o novo corpo nada tem a ver com o antigo… Mas o habitante deste novo corpo sim, não há dúvidas, traz consigo méritos e deméritos, conquistas, perdas e danos. Portanto reencarnar é providência misericordiosa para que todos se alinhem aos padrões evolutivos.
Padrões evolutivos? Sim. Não há porque assustar – afinal todos nós como programação Divina – temos uma escala a percorrer e na melhor das hipóteses, chegar à etapa final como vencedor. Isto não é um desafio. É planejamento natural.
Ninguém está na vida como turista e muito menos como leviano ou oportunista. Se alguém se enquadra nestas linhas, cuidado, porque a rota é de ascensão, sempre. Pode-se estacionar por vezes, pois existe liberdade relativa que permite ao Espírito – o ser inteligente do universo – exercitar suas escolhas e decorrentes atitudes. Quem escolhe bem, e age de igual forma, ganha tempo e prossegue sem tantas provações severas. Todavia, o que escolhe de forma insensata terá que gemer e suar no resgate justo, para refazer a própria jornada.
É dessa forma que a Reencarnação, também chamada Palingenesia, palavra proveniente de duas palavras gregas, palin= de novo e genesis= nascimento, funciona como instrumento da Didática Divina. Facilita rotas, mas também ordena o reajuste necessário.
Ao admitir para o Espírito muitas vivas sucessivas, a doutrina da Reencarnação, é de longe a melhor proposta para entender e aceitar a justiça de Deus. Na diferença da sorte entre os homens, percebe-se a ação de uma Lei incorruptível: a Lei de Causa e Efeito ou de Ação e Reação.
No evangelho de João 5:29, Jesus alerta: “os que tiverem feito obras boas, sairão para a ressurreição da vida (reencarnações compromissadas com realizações felizes e para o bem da humanidade); mas os que tiverem feito obras más, sairão ressuscitados para a condenação (reencarnações onde o sofrimento purificador preparará o Espírito, alijando de seu corpo espiritual os males e sofrimentos perpetrados).
Nesta máxima de Cristo, podemos vislumbrar o porquê das diferenças materiais, intelectuais e morais, entre os homens. No princípio da Reencarnação o instrumento adequado para a redenção do homem e aprimoramento do Espírito.
Na finalidade da Reencarnação, o retorno à vida corporal estagia entre expiação, prova e missão. Processo de cooperação na obra do Criador e desenvolvimento da inteligência.

(Elzi Nascimento, psicóloga clínica e escritora / Elzita Melo Quinta, pedagoga, especialista em Educação e escritora. São responsáveis pelo Blog Espírita: luzesdoconsolador.com. Elas escrevem no DM às sextas-feiras e aos domingos. E-mail: [email protected])

Comentários

Mais de Opinião

27 de outubro de 2018 as 22:23

Brasília – Prazo de validade vencido

27 de outubro de 2018 as 21:44

A estratégia de Pedro

27 de outubro de 2018 as 21:18

Bom dia, Brasil

26 de outubro de 2018 as 21:35

As propostas de Bolsonaro

26 de outubro de 2018 as 21:34

Ensaio sobre a criação do espaço

26 de outubro de 2018 as 21:33

Um amor de Goiânia

26 de outubro de 2018 as 21:32

Brasil e totalitarismo

26 de outubro de 2018 as 21:07

Esses corregedores do CNJ são uma piada

26 de outubro de 2018 as 21:00

O voo do DM

26 de outubro de 2018 as 20:57

Casos de câncer de mama sobem no País

26 de outubro de 2018 as 20:53

O Brasil pede socorro à CNBB!

26 de outubro de 2018 as 20:49

O direito de sonhar