Opinião

Dilma e o abraço fraterno da gratidão dos goianos

diario da manha

Maguito Vilela ,Especial para Opinião Pública

Em sua primeira aparição pública após as manifestações populares pelas principais ruas do País, a presidenta Dilma Rousseff entusiasmada, alegre e extremamente feliz visitou, nesta última quinta-feira, Goiânia a bela e progressista capital de Goiás. Audaciosa e destemida, a primeira mandatária da Nação calorosa e fraternalmente recebida na terra de Anhanguera demonstrou em seu belo e convincente pronunciamento humildade e sabedoria na condução dos destinos administrativos da pátria. A sua foi uma visita institucional porquanto ela veio a Goiânia assinar ordem de serviço autorizando a construção do BRT – Norte-Sul obra extraordinariamente gigantesca cujos benefícios, sem dúvida, irão impactar a Capital e melhorar o transporte coletivo da Região Metropolitana.

A bela e portentosa cidade de Aparecida de Goiânia deverá ser contemplada com a implantação do BRT – Norte-Sul que interligando as regiões Sul de Norte de Goiânia, passará também pela Vila Brasília, Terminal Veiga Jardim e Terminal Cruzeiro do Sul, percorrendo em solo aparecidense uma extensão de cerca de oito quilômetros.  Digno de ser exalçado por sua grandiosidade e enorme relevância será o impacto que a fantástica obra deverá causar no município próspero e progressista que tenho a honra de governar. E foi emulado por um forte e justificável sentimento cívico de solidariedade, reconhecimento e gratidão que conclamei as autoridades e o povo aparecidense para junto rendermos justa e merecida homenagem à presidenta do Brasil ao ensejo sua visita a Goiás.  Garbosa, altaneira e soberana Aparecida de Goiânia ouviu o clamor da minha súplica e compareceu em massa ao Paço Municipal de Goiânia para em agradecendo hipotecar irrestrito e incondicional apoio a presidenta que mais obras viabilizou para o nosso município. Se assim não fosse estaria me comportando como o homem mais injusto da face do planeta e eu não tenho vocação para agasalhar no coração qualquer sentimento de injustiça.

É oportuno relembrar que além do BRT esta obra de excelente magnitude que desencadeará outros grandes e incontáveis benefícios como a revitalização da Av. Rio Verde e a construção do Terminal dos Correios, o município já foi contemplado no governo Dilma com outros empreendimentos tão importantes quanto indispensáveis ao vertiginoso progresso e prosperidade de nossa cidade. Graças uma sólida e muito bem estabelecida parceria com o governo da União a atual gestão aparecidense conseguiu consolidar importantes conquistas e dar um salto de qualidade rumo ao futuro. A nossa deixou de ser cidade dormitório para se transformar em uma das mais importantes e promissoras cidades universitárias o interior do Brasil.

A edificação e instalação do Campus Avançado da UFG – Universidade Federal de Goiás, do IFG – Instituto Federal de Goiás, ambos com vários cursos universitários em pleno funcionamento são provas incontestáveis da magnitude e grandeza deste projeto educacional que transformou a vida do município.  A construção de 43 (quarenta e três) Cmeis – Centros Municipais de Educação Infantil, vários já em pelo funcionamento em diversos bairros do município e a edificação, reforma e informatizações de escolas municipais são pequenas amostras reveladoras da magnitude e grandiosidade da dimensão educacional do município.

O arrojado, progressista e transformador Governo da União permitiu a Aparecida de Goiânia alocar recursos e construir na área da saúde 32 (trinta e duas) unidades, sendo 29 (vinte e nove) UBS – Unidade Básica de Saúde e 3 (três) UPAs – Unidade de Pronto Atendimento.  Das unidades supramencionadas 14 (quatorze)  já foram inauguradas. Treze (13) UBS 01 (uma) UPA devidamente aparelhadas estão funcionando plenamente, trazendo incontáveis benefícios à saúde pública do município. O moderno Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia com 220 leitos e 40 UTIs viabilizado com recursos federais e que está sendo construído em parceria com o município no bairro Cidade Vera Cruz, é sem dúvida uma obra extraordinária, se não a mais importante de minha administração.  É um sonho há anos acalentado que se transforma em autêntica realidade para fazer-se conhecida como um dos maiores e mais bem aparelhados hospitais do interior do país.

Ufano-me de jubiloso e feliz ter a honra de ajudar receber e hospedar em solo goiano esta grande e audaciosa estadista que grandes obras realizou em Goiás em parcerias com prefeitos e com o governador Marconi Perillo. Em sua fala oficial que acabou se constituindo em uma vibrante e comovente peça retórica o governador exalçou a importância do governo Dilma para alavancar o progresso de Goiás e sua relação republicana com os governos estaduais e com os municípios brasileiros. Democrata e ostentando uma postura de verdadeiro estadista em discurso vibrante e emocionado, o governador de Goiás enalteceu a conduta republicana, fraterna e democrática com que a presidenta trata os governantes de todas as unidades da Federação, independentemente da cor partidária. Marconi ostentando uma postura ética, democrata e republicana contraria a opinião de seu partido e vem a público declarar irrestrito apoio e hipotecar solidariedade à presidente Dilma neste grave momento grave da vida nacional.

Valho-me desta oportunidade para rechaçar veementemente a postura amoral, aética, intempestiva e ilegal daqueles antidemocratas e inimigos do progresso que anelam pela sórdida intenção de declarar ao arrepio da lei o impedimento da nossa veneranda presidenta.    Olvidam naturalmente que governando para todos os brasileiros Dilma dignificou o povo, tornou o país conhecido lá fora e honrou a pátria promovendo o desenvolvimento progressivo e harmonioso da nação. Decretar injusta e ilegalmente o impedimento da presidenta Dilma seria um atentado à democracia e crime de lesa pátria na história do país verde amarelo, atestam os mais conceituados analistas políticos brasileiros arrimados naturalmente em pareceres dos mais ilustres juristas nacionais.

Obstinada e audaciosa, no discurso e na prática a notável comandante do país criou mecanismos e adotou medidas fortes para prevenir, combater e exterminar a corrupção desvairada que desde as épocas mais recuadas da história da humanidade grassa por todo o planeta infestando as instituições públicas e particulares do organismo social. Se a busca de solução para esta grave problemática humana e social que infelicita a sociedade é de responsabilidade de todos nós a presidenta Dilma não pode ser a única responsável por esta  desdita da humanidade. Seu governo guardando profundo respeito aos poderes Judiciários e Legislativo, apoia e estriba-se nos fortes aparatos institucionais como o Tribunal de Contas da União, a Polícia Federal, o Ministério Público e tantas outras instituições criadas  para prevenir, fiscalizar e combater a corrupção esta lepra humana que um dia será banida definitivamente do cenário político brasileiro e da face da terra.

A crise econômica brasileira que graças às ações do governo demorou muito a chegar ao país não é diferente das crises de outras nações. Combatê-la sistemática e permanentemente é tarefa inarredável de todos os brasileiros. A tão decantada reforma política tida e havida como solução para os mais graves problemas do país depende mais do Congresso Nacional do que do Poder Executivo.  Por tudo isto e por muito mais que ela tem feito, respeitando a opinião de todos os meus irmãos brasileiros, encho o peito para vibrar e gritar bem alto: Viva a presidenta Dilma. “Salve o lindo pendão da esperança da amada terra do Brasil.”

 

(Maguito Vilela, ex-governador e prefeito de Aparecida de Goiânia)

Comentários

Mais de Opinião

27 de outubro de 2018 as 21:44

A estratégia de Pedro

27 de outubro de 2018 as 21:18

Bom dia, Brasil

26 de outubro de 2018 as 21:35

As propostas de Bolsonaro

26 de outubro de 2018 as 21:34

Ensaio sobre a criação do espaço

26 de outubro de 2018 as 21:33

Um amor de Goiânia

26 de outubro de 2018 as 21:32

Brasil e totalitarismo

26 de outubro de 2018 as 21:07

Esses corregedores do CNJ são uma piada

26 de outubro de 2018 as 21:00

O voo do DM

26 de outubro de 2018 as 20:57

Casos de câncer de mama sobem no País

26 de outubro de 2018 as 20:53

O Brasil pede socorro à CNBB!

26 de outubro de 2018 as 20:49

O direito de sonhar

26 de outubro de 2018 as 20:47

O STF legisla demais