Opinião

Rute e Ester, mulheres da bíblia que quebraram paradigmas e entraram para a história

diario da manha

Giovani Ribeiro Alves Especial para  Opiniãopública

No último dia 08 de março, comemorou-se o Dia Internacional da Mulher. No atual contexto em que estamos atravessando, a mulher tem conseguido conquistar o seu espaço e se colocar em igualdade com o homem, deixando de ser somente mãe e de dona de casa, para ocupar inúmeros cargos em diversos segmentos da sociedade. Embora entendemos que a luta da mulher ainda tende a continuar por muitos anos, pois, infelizmente, ainda vivemos em uma sociedade machista e violenta, onde a mulher ainda sofre com a discriminação e com diversos tipos de agressões, torturas e até com mortes, inúmeras mulheres do passado e do presente, são grandes referenciais de luta pelos direitos das mulheres.
Podemos observar a luta incessante das mulheres a fim de que, as mesmas pudessem buscar e conquistar os seus direitos, tais como: o direito ao voto, a sua inserção na política, a sua igualdade salarial com o homem, a sua entrada no mercado de trabalho, passando a realizar funções que, até então, só competia aos homens, á licença maternidade, o anticoncepcional, a Lei Maria da Penha, as delegacias especializadas no combate à violência contra a mulher e tantas outras conquistas.
A luta das mulheres pelos seus direitos vem de tempos antigos, a exemplo disso, podemos citar inúmeras mulheres da Bíblia Sagrada, tais como a juíza Débora, a prostituta Raabe, Maria de Nazaré, mãe de Jesus, Dorcas, Maria Madalena, Priscila, a jovem Israelita, que veio escravizada para servir Naamã, chefe do exército da Síria (a Bíblia não relata o seu nome) que falou para Namã, a respeito do profeta Eliseu, contribuindo assim, para que Naamã fosse curado da sua lepra, e tantas outras. Queremos ainda destacar duas mulheres do Antigo Testamento que, quebraram paradigmas e entraram para a história. São elas:
1-Rute – Rute viveu no dias em que os juízes reinavam sobre Israel. Era mulher moabita, portanto, não fazia parte da linhagem de judaica. A história de Rute está registrada na Bíblia, no livro que leva seu próprio nome, o livro de Rute. Rute entrou para linhagem de Jesus Cristo, após jurar fidelidade a sua sogra Noemi. Rute havia ficado viúva de um dos filhos de Noemi, e após esse acontecimento, Noemi, disse a ela que, voltasse ao seu povo. Rute permaneceu na companhia de sua sogra e isso contribuiu para que mais tarde, Rute casasse com Boaz, e dessa união, nasceu Obede, que é o Avô do rei Davi. A atitude de Rute, em seguir a sua sogra, contribuiu para que ela passasse a entrar de maneira milagrosamente para a linhagem de Jesus Cristo.
2-Ester – Ela foi outra mulher que também, merece destaque na Bíblia Sagrada, ela viveu no Império Persa, quando Assuero governou a Pérsia. Entendemos que, por propósitos divinos, Ester se tornou Rainha em substituição a rainha Vasti, que se recusara a dançar perante o rei ( Ester 1. 12-13) Ester era sobrinha e filha de criação de Mordecai, um judeu que vivia também na Pérsia. No decorrer no Reinado de Assuero, e enquanto Ester reinava junto com Assuero no Palácio, um dos assessores do rei Assuero, chamado Hamã, suscitou um plano maléfico para que todos os judeus fossem mortos. Tal trama de Hamã, fora descoberta por Mordecai, tio de Ester e este imediatamente comunicou a Ester, que intercedeu junto ao Rei, a fim de que o intento de Hamã não fosse a frente. Assuero prontamente atendeu ao pedido de Ester, ordenando a morte de Hamã e de seus comparsas, e assim, através desse ato de coragem da rainha Ester, os judeus não foram exterminados.

(Giovani Ribeiro Alves, filósofo, professor de Filosofia e articulista do Diário da Manhã)

Comentários

Mais de Opinião

27 de outubro de 2018 as 21:44

A estratégia de Pedro

27 de outubro de 2018 as 21:18

Bom dia, Brasil

26 de outubro de 2018 as 21:35

As propostas de Bolsonaro

26 de outubro de 2018 as 21:34

Ensaio sobre a criação do espaço

26 de outubro de 2018 as 21:33

Um amor de Goiânia

26 de outubro de 2018 as 21:32

Brasil e totalitarismo

26 de outubro de 2018 as 21:07

Esses corregedores do CNJ são uma piada

26 de outubro de 2018 as 21:00

O voo do DM

26 de outubro de 2018 as 20:57

Casos de câncer de mama sobem no País

26 de outubro de 2018 as 20:53

O Brasil pede socorro à CNBB!

26 de outubro de 2018 as 20:49

O direito de sonhar

26 de outubro de 2018 as 20:47

O STF legisla demais