Opinião

Semana Santa em Caldas Novas

diario da manha

Orimar de Bastos Especial para  Opiniãopública

Sabe, meus caríssimos caras-pálidas, a administração municipal tem procurado de todas as maneiras, mostrar aos que nos visitam, bem como aos locais, que a nossa cidade é, na realidade, a cidade da família.
Agora, com aproximação da Semana Santa, quer pontuar ainda mais tal “slogan”, de que a nossa terra é de família, elaborou uma programação cheia de atrações religiosas àqueles que para cá virão, na comemoração da Semana Santa.
Assim, como no ano passado, houve a Procissão do Fogaréu, no mesmo estilo da cidade de Goiás, este ano ficará mais focado neste evento, e após o término desta procissão, teremos a encenação da Paixão de Cristo.
Segundo este articulista pôde apurar, a intenção da prefeitura é realizar um espetáculo teatral, valorizando o momento litúrgico. É uma comemoração cristã, havendo, também, uma programação ecumênica, onde todas as religiões poderão se encontrar. Apuramos, também, que a prefeitura oferecerá o apoio logístico para a apresentação, como palco, som profissional, iluminação, etc.
Desta maneira, o objetivo da municipalidade é fazer com que tal realização possa integrar no calendário oficial de eventos do município.
Conforme enfatizou o secretário de Turismo, Ivan Garcia, tais atividades serão voltadas não só para os turistas e, muito mais, para os moradores calda-novenses. Que a atual administração está trabalhando para atrair cada vez mais turistas para o nosso município, e que tais eventos programados são de altíssima qualidade, com espetáculo de fé, com entrada franca em todos os eventos, e que os mesmos são para todas as idades.
Ficamos sabendo, ainda, que a Procissão do Fogaréu com os desfilantes todos caracterizados, percorrerá as principais ruas e avenidas do centro da cidade, com as paradas de uma real via-sacra, finalizando na Praça Mestre Orlando, onde o palco será montado para a encenação da Paixão de Cristo.
No sábado, quase ao término da Semana Santa, teremos um show com a Banda Calypso, que é uma atração nacional.
Sabe, prezado cara-pálida, na minha época a gente falava que o sábado “era Sábado da Aleluia”, hoje, com a nova nomenclatura efetivada pela Igreja, é um “Sábado Santo”, mas cá pra nos, é mesmo de aleluia.
E não só a Banda Calypso estará no palco efetivando sua apresentação. Estão, também, enfocados no palco, alguns outros artistas que ainda não confirmaram a presença, mas são quase certos as suas presenças.
No epílogo destas festividades, há na programação a exibição de um show com o consagrado padre Fábio de Melo, no domingo de Páscoa.
Desnecessário será fazer qualquer apresentação do padre Fábio de Melo, já que os seus shows artísticos são bastante concorridos, pois que suas canções sempre falam do amor divino e também por pregações, com mensagens de fé, otimismo e renovação.
O referido padre é autor de diversos livros e já gravou milhares de CD com a suas canções e pregações.
De conseguinte, meus caríssimos, na qualidade de calda-novense, fico bastante orgulhoso em poder estar presente e participar de eventos de tais natureza, que enobrecem qualquer cristão e podemos observar que a administração municipal não tem ficado omissa com as datas principais do calendário brasileiro, bem como com as nossas datas festivas.
Sem puxa-saquismo ao prefeito Evandro Magal, bem como ao secretário de Turismo, Ivan Garcia, parece-me que tais autoridades municipais estão atentas às nossas datas, com programações que chegam até o povo, bem como aos que nos visitam.
Desde o Caldas Coutry, o carnaval, não vimos mais acontecimentos deprimentes em nossa cidade, numa demonstração de que nossas autoridades estão atentas para que haja tranquilidade e harmonia entre a nossa gente.
Só me resta, deste meu cantinho, cumprimentar os dirigentes e ficar de oitiva para que toda a programação se realize dentro do planejado, e que nós da plebe ignara saíamos de todas as solenidades satisfeitos.
Vamos lá, não é, cara-pálida?

(Orimar de Bastos, juiz de Direito aposentado, advogado militante em Caldas Novas, membro da Academia Tocantinense de Letras, ocupante da Cadeira n° 33 e membro da Academia de Letras e Artes de Piracanjuba-GO e Cidadão Calda-novense. E-mail: [email protected])

Comentários

Mais de Opinião

27 de outubro de 2018 as 21:44

A estratégia de Pedro

27 de outubro de 2018 as 21:18

Bom dia, Brasil

26 de outubro de 2018 as 21:35

As propostas de Bolsonaro

26 de outubro de 2018 as 21:34

Ensaio sobre a criação do espaço

26 de outubro de 2018 as 21:33

Um amor de Goiânia

26 de outubro de 2018 as 21:32

Brasil e totalitarismo

26 de outubro de 2018 as 21:07

Esses corregedores do CNJ são uma piada

26 de outubro de 2018 as 21:00

O voo do DM

26 de outubro de 2018 as 20:57

Casos de câncer de mama sobem no País

26 de outubro de 2018 as 20:53

O Brasil pede socorro à CNBB!

26 de outubro de 2018 as 20:49

O direito de sonhar

26 de outubro de 2018 as 20:47

O STF legisla demais