Opinião

A esperança está chegando

Evandro Magal ,Especial para Opinião Pública

diario da manha

 

Um benefício histórico! A saúde do município de Caldas Novas, depois de muito esforço, conseguiu destravar e já está em construção 20 leitos de Unidades de Terapia Intensiva em parceria público privada com o renomado hospital Nossa Senhora Aparecida. Um pedido antigo de moradores e turistas, que conquistamos com luta diária. Milhares pediram, poucos falaram que iam fazer, outros ainda usaram o tema como vazia bandeira política. Nós estamos executando. Tornando o sonho realidade.

O procedimento funcionará em três etapas. Explico para vocês detalhadamente cada uma das frações desta enorme incursão que terá custo total superior a 20 milhões de reais. Na primeira delas, que já está em franca execução, o Hospital Nossa Senhora Aparecida constrói a obra do prédio onde as UTIs serão instaladas. A obra segue avançada e 75% do trabalho já foi concluído.

As aparelhagens destes leitos são de altíssimo custo e requerem um investimento bem elevado, na ordem dos 16 milhões de reais. Esta, portanto, é a etapa intermediária, que também está em total realização. O hospital Nossa Senhora Aparecida as constrói, um grupo de investidores as equipa. É simples e claro, é o que ficou acordado em audiência entre os diretores da unidade e nossa Secretaria de Saúde.

Com o apoio da amiga deputada federal Magda Mofatto, do nosso irmão deputado estadual Marco Aurélio Palmerston, bem como dos nossos 11 vereadores na base aliada da Câmara Municipal, conseguimos um grupo médico que irá custear as instalações dos equipamentos nas UTIs. Os doutores possuem alta competência na área e já mantém leitos em muitas cidades goianas, como Goiânia, Anápolis e Aparecida.

Teremos em Caldas Novas, portanto, aparelhos de última geração para atender os pacientes e garantir um trabalho de qualidade para a nossa competente equipe médica da Secretaria de Saúde. Mais uma vitória. Na terceira e derradeira etapa, os cofres públicos da Prefeitura arcarão com uma despesa superior a 400 mil reais por mês. Tudo para garantir leito de UTIs para quem não pode pagar.

Eis a fórmula tríplice do sucesso em nossa saúde pública nos procedimentos de alta complexidade. Depois de uma batalha árdua em Brasília, no Ministério da Saúde, nosso município vai entrar na seleta estatística de municípios que possuem leitos de UTI. Serão 20 de uma só vez, 10 deles exclusivamente pelo SUS.

São números que colaboram com a grandeza de Caldas Novas em todos os aspectos. Temos uma população flutuante que chega a 400 mil pessoas em feriados e finais de semana. São quase meio milhão de cidadãos que terão a segurança de possuírem uma saúde com atendimento médico completo.

No ano de 2016, as unidades de terapia intensiva estarão funcionando, atendendo pacientes por meio do Sistema Único de Saúde. Nossa administração tem o compromisso com as realizações que melhoram a qualidade de vida das pessoas. Estou feliz em anunciar para vocês a boa nova. Continuo firme no propósito das realizações que beneficiem a todos. Caldas Novas vive novos tempos. A saúde está de cara nova. A esperança paira no ar.

 

(Evandro Magal, prefeito de Caldas Novas e ex-deputado estadual)

Comentários

Mais de Opinião

27 de outubro de 2018 as 21:44

A estratégia de Pedro

27 de outubro de 2018 as 21:18

Bom dia, Brasil

26 de outubro de 2018 as 21:35

As propostas de Bolsonaro

26 de outubro de 2018 as 21:34

Ensaio sobre a criação do espaço

26 de outubro de 2018 as 21:33

Um amor de Goiânia

26 de outubro de 2018 as 21:32

Brasil e totalitarismo

26 de outubro de 2018 as 21:07

Esses corregedores do CNJ são uma piada

26 de outubro de 2018 as 21:00

O voo do DM

26 de outubro de 2018 as 20:57

Casos de câncer de mama sobem no País

26 de outubro de 2018 as 20:53

O Brasil pede socorro à CNBB!

26 de outubro de 2018 as 20:49

O direito de sonhar

26 de outubro de 2018 as 20:47

O STF legisla demais