Opinião

Boato funciona como canal de descarga de frustrações

Deusamar Borges Cardoso ,Especial para Opinião Pública

diario da manha

 

A origem do boato pode estar na necessidade que as pessoas têm de passar adiante uma história pior do que a delas mesmas”.

“O Boato funciona como um canal para a descarga de frustrações. Quando as coisas vão mal, todo mundo gosta de saber que existe uma desgraça maior que a delas. Trás uma espécie de alívio”.

A imaginação de quem repassa a história, ajuda aumentar o Boato. Cada um que passa a história adiante, acrescenta ali um componente pessoal de perversão.

O melhor alvo para os boatos é sempre alguém controvertido.

O dia-a-dia das pessoas comuns é cinzento e monótono. Tudo que eles querem é alguém para projetar suas fantasias.

Existe uma predisposição social para histórias mórbidas. Ela vem pelo veio emocional, não pelo racional, e permeia todas as classes sociais.

 

(Deusamar Borges Cardoso é advogado, escritor e jornalista. E-mail: [email protected])

Comentários

Mais de Opinião

27 de outubro de 2018 as 22:23

Brasília – Prazo de validade vencido

27 de outubro de 2018 as 21:44

A estratégia de Pedro

27 de outubro de 2018 as 21:18

Bom dia, Brasil

26 de outubro de 2018 as 21:35

As propostas de Bolsonaro

26 de outubro de 2018 as 21:34

Ensaio sobre a criação do espaço

26 de outubro de 2018 as 21:33

Um amor de Goiânia

26 de outubro de 2018 as 21:32

Brasil e totalitarismo

26 de outubro de 2018 as 21:07

Esses corregedores do CNJ são uma piada

26 de outubro de 2018 as 21:00

O voo do DM

26 de outubro de 2018 as 20:57

Casos de câncer de mama sobem no País

26 de outubro de 2018 as 20:53

O Brasil pede socorro à CNBB!

26 de outubro de 2018 as 20:49

O direito de sonhar