Opinião

O Cerrado na Escola: O Lobo-Guará

João Nascimento ,Especial para Opinião Pública

diario da manha

Tocantinense de Pedro Afonso, o empresário e escritor Pedro Ivo que, nas horas vagas, é campeão de sinuca no Clube Jaó, desenvolveu um projeto que vai contribuir efetivamente para a educação infantil. Denominado “O Cerrado na Escola”, o projeto decolou com o lançamento do primeiro livro – A Seriema no Cerrado – com apoio cultural da Lei de Incentivo à Cultura e da Agroquima. Depois veio o segundo livro – Tamanduá-Bandeira – e, agora, já está sendo distribuído o terceiro livro da coleção Animais: O Lobo-Guará.

O quarto livro – Arara – deverá ser distribuído no próximo mês de junho. Também serão lançados novos livros sobre os seguintes animais: Carcará, Ema, Gavião Carijó, Inhambu, Jaó, Onça Pintada, Perdiz, Raposa, Tatu Galinha e Tucano. Pedro Ivo trabalha também a publicação Frutos da Coleção: Araticum, Baru, Buriti, Cagaita, Mangaba e Pequei; bem como da História da Coleção: Caçada de Tatu, História de Caçador, História de Pescador, O Monstro do Cerrado e O Urubu azulão.

Pedro Ivo, que é pai de um garoto de seis anos de idade, decidiu entrar de cabeça nesse projeto, depois que passou a comprar algumas literaturas infantis para contribuir na educação de seu filho. Ele percebeu que até escritor estrangeiro estava explorando temas genuinamente brasileiros, como Joãozinho e o Pé de Feijão. Pensou rápido e partiu para a execução de um projeto voltado para a educação infantil. Hoje, com o devido apoio, já lançou três livros, sendo que o quarto – Arara – deverá ser distribuído no próximo mês de junho.

Criado no cerrado, Pedro Ivo conheceu e viveu histórias impressionantes com animais, aos exemplos desses que fazem parte do projeto O Cerrado na Escola. Como não entende por qual razão a literatura infanto-juvenil disponível fala muito de leões, zebras, elefantes e girafas, em detrimento de bichos brasileiros, decidiu lançar a coleção O Cerrado na Escola, convicto de que um pouco de conhecimento sobre os animais do nosso cerado pode ajudar na sua urgente e necessária preservação. Para tanto, criou textos simples, ressaltando a importância dos animais e aves do cerrado brasileiro.

O lançamento do projeto “O Cerrado na Escola” aconteceu dentro do “Circuito Cultural no Bosque dos Buritis”, como apoio da Associação dos Amigos do Centro Livre de Artes. A deputada Isaura Lemos (PCdoB) se encantou com o projeto de Pedro Ivo e já se comprometeu a contribuir para as edições das próximas revistinhas que vão contar as histórias dos animais e aves que habitam no cerrado goiano e nacional.

A coleção “O Cerrado na Escola” traz ao aluno informações verdadeiras sobre o comportamento dos bichos que lá vivem. Ela é a busca da preservação através de conhecimento, a maneira mais consistente de preservar. “As pessoas só preservam aquilo que amam; e ninguém pode amar o que não conhece”, enfatiza Pedro Ivo. Ele faz questão de reconhecer que “a publicação deste trabalho só foi possível graças à parceria com a Agroquima, levada pelo acreditamento da Gerência de Marketing da empresa, na pessoa de Vinícius Netto, bem como de Giampaola Paolini no seu conteúdo”.

 

(João Nascimento, jornalista)

Comentários

Mais de Opinião

27 de outubro de 2018 as 21:44

A estratégia de Pedro

27 de outubro de 2018 as 21:18

Bom dia, Brasil

26 de outubro de 2018 as 21:35

As propostas de Bolsonaro

26 de outubro de 2018 as 21:34

Ensaio sobre a criação do espaço

26 de outubro de 2018 as 21:33

Um amor de Goiânia

26 de outubro de 2018 as 21:32

Brasil e totalitarismo

26 de outubro de 2018 as 21:07

Esses corregedores do CNJ são uma piada

26 de outubro de 2018 as 21:00

O voo do DM

26 de outubro de 2018 as 20:57

Casos de câncer de mama sobem no País

26 de outubro de 2018 as 20:53

O Brasil pede socorro à CNBB!

26 de outubro de 2018 as 20:49

O direito de sonhar

26 de outubro de 2018 as 20:47

O STF legisla demais