Opinião

25 de dezembro é dia de luz, aniversário de Jesus

diario da manha

Ó Pai ama­do e su­bli­me, es­tá che­gan­do o dia da vol­ta de seu fi­lho. 25 de de­zem­bro é dia de luz, ani­ver­sá­rio de Je­sus, ro­go ao seu es­pí­ri­to de Di­vin­da­de, por to­dos aque­les que es­tão lon­ge da sua luz, on­de ha­ja dor, que che­gue o seu alí­vio. E de­pen­de de o so­fre­dor fa­zer a sua par­te, ele­van­do o seu sen­ti­men­to ao in­ter­mi­ná­vel e gran­di­o­so Amor, que é a úni­ca so­lu­ção pa­ra su­por­tar os ata­ques das tre­vas. Por­que o ho­mem vi­o­len­to e cheio de ódio, em ra­zão da es­cu­ri­dão que pre­do­mi­na em seu co­ra­ção, faz dos sim­ples e ino­cen­tes cor­rom­pi­dos e cor­rup­to­res.

Mas ja­mais po­de­mos per­der a fé na in­fi­ni­ta bon­da­de de Deus, que é sal­va­ção das al­mas e dos Es­pí­ri­tos que es­tão na Ter­ra e no céu da Ter­ra.

Por­que o amor é Deus em nós. Pai­va Net­to, re­u­niu con­so­an­te o Evan­ge­lho do Cris­to de Deus, se­gun­do Jo­ão, 13:34 e 35 e 15:7, 8, 10 a 17 e 9.) “O Tra­ta­do do No­vo Man­da­men­to de Je­sus”, que Ele, o Ir­mão Pai­va, de­no­mi­na: “A Es­pi­ri­tual­men­te Re­vo­lu­ci­o­ná­ria Or­dem Su­pre­ma do Di­vi­no Mes­tre-re­pre­sen­ta o di­fe­ren­ci­al da Re­li­gi­ão de Deus, do Cris­to e do Es­pí­ri­to San­to e é a ba­se de to­das as su­as ações de pro­mo­ção es­pi­ri­tual, so­ci­al e hu­ma­na, pe­la for­ça do Amor Fra­ter­no, por Ele tra­zi­do ao mun­do”. E que é o di­fe­ren­ci­al na vi­da dos cris­tã­os da Re­li­gi­ão de Deus, do Cris­to e do Es­pi­ri­to San­to.

“En­si­nou Je­sus, o Cris­to Ecu­mê­ni­co, o Di­vi­no Es­ta­dis­ta: “13:34 No­vo Man­da­men­to vos dou: amai-vos co­mo Eu vos amei. 13:35 So­men­te as­sim po­de­reis ser re­co­nhe­ci­dos co­mo meus dis­cí­pu­los, se ti­ver­des o mes­mo Amor uns pe­los ou­tros.

15:7 Se per­ma­ne­cer­des em mim e as mi­nhas pa­la­vras em vós per­ma­ne­ce­rem, pe­di o que qui­ser­des, e vos se­rá con­ce­di­do.15:8 A gló­ria de meu Pai es­tá em que de­is mui­to fru­to; e as­sim se­reis meus dis­cí­pu­los.

15:10 Se guar­dar­des os meus man­da­men­tos, per­ma­ne­ce­reis no meu Amor; as­sim co­mo te­nho guar­da­do os man­da­men­tos de meu Pai e per­ma­ne­ço no Seu Amor.

15:11 Te­nho-vos di­to es­tas coi­sas a fim de que a mi­nha ale­gria es­te­ja em vós e a vos­sa ale­gria se­ja com­ple­ta.

15:12 O meu Man­da­men­to é es­te: que vos ameis co­mo Eu vos te­nho ama­do. 15:13 Não há mai­or Amor do que do­ar a pró­pria vi­da pe­los seus ami­gos. 15:14 E vós se­reis meus ami­gos se fi­zer­des o que Eu vos man­do. 15:17 E Eu vos man­do is­to: amai-vos co­mo Eu vos amei.

15:15 Já não mais vos cha­mo ser­vos, por­que o ser­vo não sa­be o que faz o seu se­nhor; mas te­nho-vos cha­ma­do ami­gos, por­que tu­do quan­to apren­di com meu Pai vos te­nho da­do a co­nhe­cer.

15:16 Não fos­tes vós que me es­co­lhes­tes; pe­lo con­trá­rio, fui Eu que vos es­co­lhi e vos de­sig­nei pa­ra que va­des e de­is bons fru­tos, de mo­do que o vos­so fru­to per­ma­ne­ça, a fim de que tu­do quan­to pe­dir­des ao Pai em meu no­me Ele vos con­ce­da.

15:17 E is­to Eu vos man­do: que vos ameis co­mo Eu vos te­nho ama­do. 15:9 Por­quan­to, da mes­ma for­ma co­mo o Pai me ama, Eu tam­bém vos amo. Per­ma­ne­cei no meu Amor”.

Er­go o pen­sa­men­to em pre­ces ao Pai ama­do e bon­do­so, que pro­te­ja os afli­tos, aque­les que es­tão afas­ta­dos do seu amor por ig­no­rân­cia e sub­mer­gi­ram na es­cu­ri­dão.

Que nes­te Na­tal de Luz, o amor en­flo­ra nas al­mas dos ho­mens e das mu­lhe­res e to­das as pes­so­as, fa­zen­do res­plan­de­cer o amor em seus co­ra­ções Se­me­lhan­te ao ful­gor das es­tre­las no fir­ma­men­to, que fa­ís­ca co­mo a luz do pró­prio Deus, em ca­da co­ra­ção. 15:16 “Não fos­tes vós que me es­co­lhes­tes; pe­lo con­trá­rio, fui Eu que vos es­co­lhi e vos de­sig­nei pa­ra que va­des e de­is bons fru­tos, de mo­do que o vos­so fru­to per­ma­ne­ça, a fim de que tu­do quan­to pe­dir­des ao Pai em meu no­me Ele vos con­ce­da”. Que gran­di­o­sa men­sa­gem do Di­vi­no mes­tre: aque­les que dão bons fru­tos, tu­do que pe­dir ao Pai se­rá con­ce­di­do por Deus.

 

(Jo­ão Areis Pre­da, jor­na­lis­ta e es­cri­tor pre­da­jo­[email protected])

 

Comentários

Mais de Opinião

27 de outubro de 2018 as 21:44

A estratégia de Pedro

27 de outubro de 2018 as 21:18

Bom dia, Brasil

26 de outubro de 2018 as 21:35

As propostas de Bolsonaro

26 de outubro de 2018 as 21:34

Ensaio sobre a criação do espaço

26 de outubro de 2018 as 21:33

Um amor de Goiânia

26 de outubro de 2018 as 21:32

Brasil e totalitarismo

26 de outubro de 2018 as 21:07

Esses corregedores do CNJ são uma piada

26 de outubro de 2018 as 21:00

O voo do DM

26 de outubro de 2018 as 20:57

Casos de câncer de mama sobem no País

26 de outubro de 2018 as 20:53

O Brasil pede socorro à CNBB!

26 de outubro de 2018 as 20:49

O direito de sonhar

26 de outubro de 2018 as 20:47

O STF legisla demais