Opinião

Natal é o amor de Deus e a graça de Jesus

diario da manha

“Por­que Deus amou o mun­do de tal ma­nei­ra que en­viou o seu fi­lho uni­gê­ni­to,  pa­ra que to­do o que ne­le crêr  não pe­re­ça,  mas te­nha a vi­da eter­na”(Jo.3:16). Je­sus anun­ci­a­do pe­los evan­ge­lis­tas, pe­los pro­fe­tas até mes­mo cer­ca de 700 anos an­tes de Cris­to quan­do o Pro­fe­ta Isai­as dis­se: “Por­que um me­ni­no nos nas­ceu , um fi­lho nos foi da­do,  o go­ver­no es­tá so­bre os seus om­bros. E Ele se­rá cha­ma­do, Pai eter­no, Ma­ra­vi­lho­so, Con­se­lhei­ro, Deus po­de­ro­so, Prín­ci­pe da paz .” (Is. 9:6)*Co­mo vi­ve­mos o ‘Na­tal’, cei­as, ban­que­tes, pro­du­tos da épo­ca, uvas, fru­tas es­pe­ci­ais, en­fei­tes lu­xu­o­sos, a bus­ca qua­se alu­ci­na­da de pre­sen­tes nas lo­jas e ‘sho­pings’ e as rou­pas de gri­fe, rou­pas ca­ras e de lu­xo. As­sim  di­zem ‘Fe­liz Na­tal”. Com be­bi­das im­por­ta­das  ti­ran­do a con­di­ção de nor­ma­li­da­de pa­ra os ex­ces­sos cau­san­do mui­ta con­fu­são e de­sen­ten­di­men­tos na pró­pria fa­mí­lia. Que fes­ta é es­ta? A Bí­blia en­si­na mo­de­ra­ção em tu­do. E não es­tá er­ra­do co­me­mo­ra­ções, cei­as, pre­sen­tes e tu­do mais e o que  atra­pa­lha  são os exa­ge­ros´. Pi­or e la­men­tá­vel é não pri­o­ri­zar Jesus, é não exal­tar o nas­ci­men­to de Je­sus, o Sal­va­dor, o do­a­dor da vi­da eter­na, o Prín­ci­pe da Paz, Deus co­nos­co. Na­tal é Je­sus, é pre­sé­pio ilus­tran­do o nas­ci­men­to do Fi­lho de Deus, mos­tran­do Je­sus me­ni­no, que se­ria o mes­tre pa­ra nos en­si­nar os ca­mi­nhos da paz, da fe­li­ci­da­de, da fé, do amor, da es­pe­ran­ça, da fra­ter­ni­da­de, da so­li­da­ri­e­da­de e afi­nal da von­ta­de de Deus. A mí­dia, em to­dos os mei­os de co­mu­ni­ca­ção en­fa­ti­za o co­mér­cio, os pro­du­tos, as cei­as, as fes­tas, os pre­sen­tes, e os nos­sos olhos pa­re­cem  não en­xer­gar ou­tra coi­sa no Na­tal. Bas­ta me­di­tar­mos na tris­te re­a­li­da­de, em vol­ta des­te mo­vi­men­to exis­te a po­bre­za ex­tre­ma até a mi­sé­ria, não po­de­mos fi­car in­di­fe­ren­tes, fa­ça­mos o que for pos­sí­vel pa­ra ame­ni­zar so­fri­men­tos de mui­tas fa­mí­lias, le­var sor­ri­sos pa­ra mui­tas cri­an­ças com brin­que­dos sim­ples, mas so­nha­dos. Gra­ças a Deus exis­tem mui­tas pes­so­as, se­res hu­ma­nos com o co­ra­ção cheio de amor  que re­a­li­zam um tra­ba­lho ma­ra­vi­lho­so, be­lo, hu­ma­no e ale­gram mui­tos co­ra­ções so­fri­dos  pe­la fal­ta às ve­zes de tu­do. Tem pes­so­as que pas­sam o ano to­do jun­tan­do brin­que­dos pa­ra  dis­tri­bu­ir no Na­tal, pes­so­as de um amor lin­do e en­vol­ven­te que fa­zem  pra­tos de coi­sas tão gos­to­sas, pa­ra le­var em asi­los, bair­ros po­bres, clí­ni­cas, hos­pi­tais do cân­cer. Pre­ci­sa­mos de mui­to mais pes­so­as as­sim, pois a ne­ces­si­da­de é cres­cen­te a ca­da ano. A for­ça do bem não tem re­li­gi­ão, fac­ção po­lí­ti­ca, es­por­ti­va, ra­ça, mas se­res hu­ma­nos hu­mil­des e chei­os do ‘amor ao pró­xi­mo’. A ins­pi­ra­ção do Na­tal e a ra­zão do Na­tal é Je­sus, e a ale­gria das cei­as, das con­fra­ter­ni­za­ções são per­fei­ta­men­te lí­ci­tas com a mo­de­ra­ção sá­bia e ações de so­li­da­ri­e­da­de por­que a ‘Fé ope­ra pe­lo Amor” diz a Bí­blia Sa­gra­da. A es­sên­cia do re­la­ci­o­na­men­to sin­ce­ro com Deus Pai é seu fi­lho Je­sus. Apren­da a vi­ver com es­pe­ran­ça  Je­sus a es­pe­ran­ça vi­va, quan­do o mun­do não lhe dá ne­nhu­ma .  Nes­te Na­tal pen­se no “Amor ao Pró­xi­mo” ale­gre o seu co­ra­ção, abra­ce e  bei­je as pes­so­as, trans­mi­ta ca­ri­nho, se li­vre de má­go­as e de qual­quer tris­te­za,  fa­ça da re­u­ni­ão com a fa­mí­lia e com os ami­gos uma fes­ta ma­ra­vi­lho­sa ines­que­cí­vel on­de mui­to mais re­ga­da de amor cau­se gran­de ale­gria pa­ra anun­ci­ar um no­vo ano de fé e con­fi­an­ça em Je­sus. Que a paz se­ja co­mo um la­go azul en­can­ta­do, jun­to a pas­tos ver­de­jan­tes e a pes­se­guei­ros em flor com cis­nes bran­cos des­li­zan­do nas água sob o can­tar dos pás­sa­ros. Na­tal é Je­sus!

 

(Pr. Le­or­di­no Lo­pes de Car­va­lho Ju­ni­or, pre­si­den­te do CPA – Con­se­lho de Pas­to­res de Aná­po­lis, vi­ce-pre­si­den­te da Cru­za­da pe­la Dig­ni­da­de. E-mail le­or­di­noc­[email protected]­mail.com   – 62)-992298356-w-  996284108-   30987016)

 

tags:

Comentários

Mais de Opinião

27 de outubro de 2018 as 21:44

A estratégia de Pedro

27 de outubro de 2018 as 21:18

Bom dia, Brasil

26 de outubro de 2018 as 21:35

As propostas de Bolsonaro

26 de outubro de 2018 as 21:34

Ensaio sobre a criação do espaço

26 de outubro de 2018 as 21:33

Um amor de Goiânia

26 de outubro de 2018 as 21:32

Brasil e totalitarismo

26 de outubro de 2018 as 21:07

Esses corregedores do CNJ são uma piada

26 de outubro de 2018 as 21:00

O voo do DM

26 de outubro de 2018 as 20:57

Casos de câncer de mama sobem no País

26 de outubro de 2018 as 20:53

O Brasil pede socorro à CNBB!

26 de outubro de 2018 as 20:49

O direito de sonhar

26 de outubro de 2018 as 20:47

O STF legisla demais