Opinião

O Natal como turismo de experiência

diario da manha

Pa­ra uma gran­de par­te da po­pu­la­ção, o Na­tal é um mo­men­to fes­ti­vo, de fa­zer uma ceia sa­bo­ro­sa e far­ta e de tro­car pre­sen­tes, além dis­so, mui­tos apro­vei­tam al­guns di­as de fé­rias ou re­ces­so de fi­nal de ano pa­ra ter uma ex­pe­ri­ên­cia di­fe­ren­te e re­a­li­zar uma vi­a­gem. O tu­ris­mo de ex­pe­ri­ên­cia é um seg­men­to em al­ta no mer­ca­do, tem seu fo­co na ex­pe­ri­ên­cia do con­su­mi­dor, de­ven­do ofe­re­cê-las de for­ma in­te­gral e ex­clu­si­va, que vão além da ob­ser­va­ção, ge­ran­do en­ga­ja­men­to do tu­ris­ta com a po­pu­la­ção lo­cal e, con­se­quen­te­men­te, uma li­ga­ção emo­cio­nal com o lu­gar vi­si­ta­do.

Di­ver­sas ci­da­des na­ci­o­nais e in­ter­na­cio­nais, co­mo Cu­ri­ti­ba, Gra­ma­do e No­va Ior­que, con­sa­gram-se por pro­por­ci­o­nar es­ta ex­pe­ri­ên­cia no Na­tal, atra­in­do tu­ris­tas ex­clu­si­va­men­te nes­ta épo­ca do ano pa­ra se en­can­ta­rem nes­tas ci­da­des. Go­i­â­nia ain­da não apro­vei­ta mui­to bem es­se per­fil de tu­ris­ta que gos­ta des­te es­pí­ri­to na­ta­li­no. A pre­fei­tu­ra mon­tou a mes­ma de­co­ra­ção do ano an­te­ri­or na Pra­ça Ta­man­da­ré.

Po­rém, a Or­ga­ni­za­ção das Vo­lun­tá­rias de Go­i­ás (OVG), nu­ma par­ce­ria com o go­ver­no do Es­ta­do, tem o pro­je­to Show de Na­tal com a Al­deia do Pa­pai No­el, o Pre­sé­pio do Va­ti­ca­no, atra­ções ar­tís­ti­cas e cul­tu­ra­is e pra­ça de ali­men­ta­ção, na Pra­ça Cí­vi­ca, além da cam­pa­nha pa­ra dis­tri­bu­ir brin­que­dos.

Além dis­so, al­gu­mas equi­pes de marke­ting de shop­pings cen­ters em Go­i­â­nia têm su­pe­ra­do as ex­pec­ta­ti­vas de seus cli­en­tes, pro­pi­ci­an­do vi­vên­cias ex­tra­or­di­ná­rias no mês do Na­tal pa­ra atra­ir um pú­bli­co mai­or pa­ra a ale­gria dos lo­jis­tas. Nes­ta era di­gi­tal, não bas­ta fa­zer pro­pa­gan­das e pu­bli­ci­da­des co­muns, faz-se ne­ces­sá­rio ino­var e pro­por­ci­o­nar ao con­su­mi­dor uma ex­pe­ri­ên­cia inu­si­ta­da e ines­que­cí­vel.

Se­guin­do es­te ca­mi­nho, o Shop­ping Pas­seio das Águas apre­sen­ta Show de Na­tal com per­so­na­gens de cir­co di­a­ria­men­te; o Go­i­â­nia Shop­ping traz a Pa­ra­da de Na­tal com os íco­nes da Dis­ney, ini­ci­an­do a pro­gra­ma­ção com a apre­sen­ta­ção da Or­ques­tra Sin­fô­ni­ca Jo­vem de Go­i­ás com ver­sões pop de mú­si­cas na­ta­li­nas; e o Shop­ping Flam­boyant es­tá fa­zen­do ca­ir ne­ve co­mo atra­ção sur­pre­sa em al­guns mo­men­tos.

Por que não apro­vei­tar es­ta da­ta es­pe­ci­al, e a pró­pria ini­ci­a­ti­va do se­tor co­mer­cial, pa­ra pro­mo­ver me­lhor Go­i­â­nia e tor­nar-se um po­lo re­cep­tor de tu­ris­mo em uma es­ta­ção de bai­xa sa­zo­na­li­da­de no tra­de tu­rís­ti­co? Com cer­te­za te­rá o apoio de um mer­ca­do am­plo, po­den­do ar­ti­cu­lar par­ce­rias, que en­vol­ve di­re­ta­men­te, ho­té­is, agên­cias, ba­res, res­tau­ran­tes, lo­ca­do­ras de au­to­mó­veis, en­tre ou­tros, além de di­ver­sas áre­as do co­mér­cio de va­re­jo.

 

(Ra­quel La­ge Tu­ma, ba­cha­rel e mes­tre em Tu­ris­mo, Dou­to­ra em Ge­o­gra­fia, Es­tá­gio Dou­to­ral na Uni­ver­si­da­de de Pa­ris IV Sor­bon­ne)

 

Comentários

Mais de Opinião

27 de outubro de 2018 as 22:23

Brasília – Prazo de validade vencido

27 de outubro de 2018 as 21:44

A estratégia de Pedro

27 de outubro de 2018 as 21:18

Bom dia, Brasil

26 de outubro de 2018 as 21:35

As propostas de Bolsonaro

26 de outubro de 2018 as 21:34

Ensaio sobre a criação do espaço

26 de outubro de 2018 as 21:33

Um amor de Goiânia

26 de outubro de 2018 as 21:32

Brasil e totalitarismo

26 de outubro de 2018 as 21:07

Esses corregedores do CNJ são uma piada

26 de outubro de 2018 as 21:00

O voo do DM

26 de outubro de 2018 as 20:57

Casos de câncer de mama sobem no País

26 de outubro de 2018 as 20:53

O Brasil pede socorro à CNBB!

26 de outubro de 2018 as 20:49

O direito de sonhar