Opinião

Veículos fabricados em Goiás saltarão aos olhos do mundo

diario da manha

Os mu­ni­cí­pios de Aná­po­lis e Itum­bi­a­ra de­vem re­ce­ber mais um in­cre­men­to no se­tor me­tal me­câ­ni­co a par­tir da im­plan­ta­ção de no­vas mon­ta­do­ras de ve­í­cu­los. A ins­ta­la­ção de du­as in­dús­tri­as au­to­mo­ti­vas em Go­i­ás re­for­ça o de­sem­pe­nho pa­ra atra­ção de em­pre­sas que vem sen­do de­sen­vol­vi­do no Es­ta­do, por meio da Se­cre­ta­ria de De­sen­vol­vi­men­to Eco­nô­mi­co, com po­lí­ti­cas pú­bli­cas con­so­li­da­das  pe­la vi­são ino­va­do­ra do go­ver­na­dor Mar­co­ni Pe­ril­lo.

A par­tir de ho­je, pas­sa­mos a abri­gar seis gran­di­o­sas mon­ta­do­ras de ve­í­cu­los no Es­ta­do de Go­i­ás e is­so con­tri­bu­i­rá com um sal­to enor­me na par­ti­ci­pa­ção do mer­ca­do de au­to­mó­veis no Bra­sil.

Fi­co con­ten­te em di­zer que ve­re­mos um no­vo ce­ná­rio sen­do cri­a­do a par­tir de bo­as ex­pec­ta­ti­vas re­la­ci­o­na­das à eco­no­mia e à in­dús­tria au­to­mo­ti­va em Go­i­ás, com o sur­gi­men­to de ou­tros in­ves­ti­men­tos re­la­ci­o­na­dos.

Re­cen­te­men­te, di­vul­ga­mos os re­sul­ta­dos da Ba­lan­ça Co­mer­cial do Mês de No­vem­bro, que apre­sen­tou o nos­so 47º su­pe­rá­vit con­se­cu­ti­vo com o se­gun­do mai­or re­gis­tro das ex­por­ta­ções do mês de no­vem­bro em 10 anos, to­ta­li­zan­do mais de US$ 536 mi­lhões em pro­du­tos ex­por­ta­dos.

Com is­so, es­ta­mos an­sio­sos pa­ra di­vul­gar os fu­tu­ros re­sul­ta­dos das nos­sas ba­lan­ças co­mer­ci­ais, na cer­te­za que te­re­mos ex­ce­len­tes nú­me­ros re­la­ci­o­na­dos às ex­por­ta­ções de ve­í­cu­los. Te­mos pers­pec­ti­vas de que Go­i­ás abri­rá ain­da mais es­pa­ços pa­ra no­vas par­ce­rias co­mer­ci­ais com o au­men­to na fa­bri­ca­ção dos au­to­mó­veis.

Acre­di­ta­mos que a pro­du­ção de ve­í­cu­los no mu­ni­cí­pio se­ja mul­ti­pli­ca­da, as­sim co­mo a ge­ra­ção de em­pre­gos di­re­tos e in­di­re­tos. Con­se­quen­te­men­te, o mu­ni­cí­pio de Aná­po­lis e o Es­ta­do de Go­i­ás se des­ta­ca­rão ain­da mais no ce­ná­rio eco­nô­mi­co na­ci­o­nal, re­a­fir­man­do a nos­sa po­si­ção co­mo po­lo in­dus­tri­al de al­to ní­vel. Se o mun­do já nos vê com bons olhos, is­so cer­ta­men­te se in­ten­si­fi­ca­rá nos pró­xi­mos anos.

 

(Fran­cis­co Gon­za­ga Pon­tes, se­cre­tá­rio de Es­ta­do de De­sen­vol­vi­men­to Eco­nô­mi­co, Ci­en­tí­fi­co e Tec­no­ló­gi­co e de Agri­cul­tu­ra, Pe­cu­á­ria e Ir­ri­ga­ção de Go­i­ás (SED); em­pre­sá­rio do se­tor me­ta­lúr­gi­co, di­re­tor da Acia pa­ra As­sun­tos do Daia)

 

Comentários

Mais de Opinião

27 de outubro de 2018 as 22:23

Brasília – Prazo de validade vencido

27 de outubro de 2018 as 21:44

A estratégia de Pedro

27 de outubro de 2018 as 21:18

Bom dia, Brasil

26 de outubro de 2018 as 21:35

As propostas de Bolsonaro

26 de outubro de 2018 as 21:34

Ensaio sobre a criação do espaço

26 de outubro de 2018 as 21:33

Um amor de Goiânia

26 de outubro de 2018 as 21:32

Brasil e totalitarismo

26 de outubro de 2018 as 21:07

Esses corregedores do CNJ são uma piada

26 de outubro de 2018 as 21:00

O voo do DM

26 de outubro de 2018 as 20:57

Casos de câncer de mama sobem no País

26 de outubro de 2018 as 20:53

O Brasil pede socorro à CNBB!

26 de outubro de 2018 as 20:49

O direito de sonhar