Opinião

Ceará é a terra do verdadeiro PSDB

diario da manha

Vi­si­to o Ce­a­rá des­de que se re­ve­zam no po­der do es­ta­do os co­ro­néis Vir­gí­lio Tá­vo­ra, Ce­sar Cals e Adau­to Be­zer­ra. Na dé­ca­da de 1980, era ní­ti­do o des­gas­te des­ses três ho­mens pú­bli­cos jun­to ao po­vo de sua ter­ra. Vir­gí­lio Tá­vo­ra di­fe­ren­ci­a­va-se de seus pa­res pe­lo fa­to de ter si­do con­si­de­ra­do o pri­mei­ro mo­der­ni­za­dor da eco­no­mia ce­a­ren­se. Adau­to e Ce­sar eram adep­tos de prá­ti­cas sub­de­sen­vol­vi­das clien­te­lís­ti­cas que man­ti­nham a ter­ra do gran­de Jo­sé de Alen­car pre­sa às amar­ras do sub­de­sen­vol­vi­men­to. O am­bi­en­te era pro­pí­cio pa­ra as mu­dan­ças que vi­ri­am a acon­te­cer a par­tir de uma im­por­tan­te ins­ti­tu­i­ção li­de­ra­da por um jo­vem e di­nâ­mi­co em­pre­sá­rio. A ins­ti­tu­i­ção em ques­tão era o Cen­tro In­dus­tri­al Ce­a­ren­se, en­tão, li­de­ra­do pe­la fa­ce da mu­dan­ça Tas­so Je­reis­sa­ti. Com a vi­tó­ria, es­se di­nâ­mi­co em­pre­sá­rio? ori­un­do do PMDB pa­ra de­pois se fi­li­ar ao PSDB? con­so­li­dou sua li­de­ran­ça nos três go­ver­nos que ad­mi­nis­trou o Ce­a­rá.

A ide­o­lo­gia mo­der­ni­za­do­ra do par­ti­do, con­du­zi­da, ope­ra­ci­o­nal­men­te, pe­los bri­lhan­tes téc­ni­cos do Ban­co do Nor­des­te (se­de em For­ta­le­za), fez do Ce­a­rá uma vi­tri­na a ser ex­pos­ta ao pa­ís afo­ra. Obras es­tra­té­gi­cas co­mo o Por­to de Pe­cém, o Cen­tro Cul­tu­ral Dra­gão do Mar, o Açu­de Cas­ta­nhão mu­da­ram a ca­ra da ter­ra da es­cri­to­ra Ra­quel de Quei­roz, além de ca­ta­pul­tar o jo­vem go­ver­na­dor ao pa­ta­mar de lí­der na­ci­o­nal do par­ti­do.

Com is­so, a iden­ti­da­de mo­der­ni­za­do­ra do PSDB ce­a­ren­se se con­fun­dia ao PSDB pau­lis­ta. Bas­ta­va ob­ser­var o nú­me­ro de vo­os par­tin­do dos prin­ci­pa­is cen­tros do pa­ís pa­ra o Ce­a­rá. O su­ces­so da ad­mi­nis­tra­ção do “ga­le­go” não pas­sa­va des­per­ce­bi­do por im­por­tan­tes ins­ti­tu­i­ções co­mo o Ban­co Mun­di­al e o Ban­co In­te­ra­me­ri­ca­no de de­sen­vol­vi­men­to; e es­sas ins­ti­tu­i­ções es­ti­ve­ram pre­sen­tes no pro­ces­so de mo­der­ni­za­ção ce­a­ren­se.

Pos­to is­so, va­le a se­guin­te in­da­ga­ção: o PSDB de Go­i­ás te­ve o mes­mo êxi­to que o seu co­ir­mão ce­a­ren­se? A ide­o­lo­gia mo­der­ni­za­do­ra dos tu­ca­nos go­i­a­nos te­ve o mes­mo su­ces­so que os da ad­mi­nis­tra­ção Je­reis­sa­ti?

A res­pos­ta é não. Ex­pli­co. Ins­ti­tu­ci­o­nal­men­te fa­lan­do, o Ce­a­rá te­ve um pla­no de go­ver­no ela­bo­ra­do por téc­ni­cos de al­to ní­vel. Es­se pla­no ge­rou inú­me­ros pro­je­tos es­tru­tu­ran­tes que ala­van­ca­ram a eco­no­mia ce­a­ren­se. O pla­no foi um su­ces­so pe­lo fa­to de o go­ver­na­dor não só  apoiá-lo in­te­gral­men­te, mas tam­bém por  ter as­su­mi­do a li­de­ran­ça de sua im­ple­men­ta­ção.. Re­sul­ta­do: a jun­ção téc­ni­ca e a von­ta­de po­lí­ti­ca fi­ze­ram a di­fe­ren­ça.

Nos­sa “mo­der­ni­za­ção” apre­sen­tou, ao lon­go des­se ci­clo ge­ren­ci­a­do pe­lo PSDB, pí­fios re­sul­ta­dos. Se o vapt-vupt é o rei da co­roa mo­der­ni­za­do­ra go­i­a­na, exis­tem mui­tas ou­tras ações que se tor­na­ram em ver­da­de pre­da­tó­ri­as. Bas­ta ob­ser­var a to­tal in­ca­pa­ci­da­de que te­ve o go­ver­no em re­cu­pe­rar a Celg. A to­tal apa­tia da Se­cre­tá­ria de Pla­ne­ja­men­to em dar uma di­re­ção ao de­sen­vol­vi­men­to go­i­a­no  re­for­ça à fa­lá­cia da mo­der­ni­za­ção que exis­te en­tre nós. Ou­tro fa­tor que con­tri­bu­iu pa­ra is­so fo­ram as tais re­for­mas ad­mi­nis­tra­ti­vas, pois, além de não da­rem fô­le­go ins­ti­tu­ci­o­nal pa­ra a cons­tru­ção do fu­tu­ro, li­mi­ta­ram-se a ex­tin­guir e tro­car de no­mes de ins­ti­tu­i­ções, des­sa for­ma, con­so­li­dan­do um me­ro tro­car seis por meia dú­zia.

 

(Sa­la­ti­el So­a­res Cor­reia, en­ge­nhei­ro, ba­cha­rel em Ad­mi­nis­tra­ção de Em­pre­sas, mes­tre em Pla­ne­ja­men­to Ener­gé­ti­co. É au­tor, en­tre ou­tras obras, de A Cons­tru­ção de Go­i­ás)

Comentários

Mais de Opinião

27 de outubro de 2018 as 21:44

A estratégia de Pedro

27 de outubro de 2018 as 21:18

Bom dia, Brasil

26 de outubro de 2018 as 21:35

As propostas de Bolsonaro

26 de outubro de 2018 as 21:34

Ensaio sobre a criação do espaço

26 de outubro de 2018 as 21:33

Um amor de Goiânia

26 de outubro de 2018 as 21:32

Brasil e totalitarismo

26 de outubro de 2018 as 21:07

Esses corregedores do CNJ são uma piada

26 de outubro de 2018 as 21:00

O voo do DM

26 de outubro de 2018 as 20:57

Casos de câncer de mama sobem no País

26 de outubro de 2018 as 20:53

O Brasil pede socorro à CNBB!

26 de outubro de 2018 as 20:49

O direito de sonhar

26 de outubro de 2018 as 20:47

O STF legisla demais