Opinião

Maristela Tavares - promessa de Deus

diario da manha

“Qual bom e quão ma­ra­vi­lho­so é que os ir­mãos vi­vam em uni­ão”.

Sal­mos 133: 1

 

Um Pro­pó­si­to; um Mi­la­gre a se cum­prir em mi­nha vi­da! Tu­do co­me­çou com uma vi­si­ta à ca­sa da mis­si­o­ná­ria e pro­fe­ta Ma­ris­te­la Ta­va­res, no dia 6 de agos­to pró­xi­mo pas­sa­do, uma se­gun­da-fei­ra ines­que­cí­vel. Que ma­ra­vi­lha! Ja­mais ti­nha par­ti­ci­pa­do de um Cul­to de Ado­ra­ção ao Se­nhor Je­sus Cris­to com ta­ma­nha un­ção do Es­pí­ri­to San­to, que usou Ma­ris­te­la pa­ra fa­zer re­ve­la­ções sur­pre­en­den­tes so­bre mi­nha pes­soa. Al­go que só po­de­ria mes­mo ter vin­do dos Céus!

Con­fes­so que al­go so­bre­na­tu­ral, inex­pli­cá­vel, acon­te­ceu de re­pen­te so­bre es­se pe­ca­dor: a par­tir do mo­men­to que co­lo­quei a plan­ta de meus pés ali, eu en­trei de uma for­ma e saí de ou­tra. Co­mo se ali, eu es­ti­ves­se sen­do me tor­na­do, ain­da mais, uma no­va cri­a­tu­ra em Cris­to Je­sus. Ago­ra, mais con­fi­an­te na gra­ça de Deus, as­su­mi com­pro­mis­so de ca­mi­nhar la­do a la­do com es­sa Mu­lher de Deus nes­sa ma­ra­vi­lho­sa obra de le­var a sal­va­ção em Cris­to Je­sus pa­ra to­dos e to­das que al­me­ja­rem vi­ver a “paz que ex­ce­de to­do en­ten­di­men­to”. (Fi­li­pen­ses 4:7).

Es­po­sa do se­nhor An­tô­nio, que é cha­ma­do ca­ri­nho­sa­men­te de To­ni­nho e mãe de três pro­mes­sas, sen­do du­as mu­lhe­res, Le­tí­cia e Car­la e, um ho­mem, Dou­glas. Ma­ris­te­la é uma mu­lher mui­to usa­da por Deus pa­ra le­var não ape­nas a po­de­ro­sa pa­la­vra de sal­va­ção a to­dos e to­das, mas, tam­bém, a cu­ra em o no­me do Se­nhor Je­sus. Que Mi­nis­té­rio mais lin­do e pro­fí­cuo! Sin­to-me hon­ra­do em ter si­do re­ce­bi­do ne­le co­mo um sim­ples sol­da­do, mas que es­tá im­bu­í­do do pro­pó­si­to de bus­car por­ção do­bra­da do Es­pí­ri­to San­to com vis­tas, es­pe­ci­al­men­te, a con­tri­bu­ir mais com es­sa ma­ra­vi­lho­sa Obra de Deus.

Des­ta­co aqui, tam­bém, o ir­mão de Ma­ris­te­la – Jo­nas – que é um ho­mem por­ta­dor de ne­ces­si­da­de es­pe­ci­ais, mas que tem o sor­ri­so do ser­vo de Cris­to es­tam­pa­do no ros­to. Um exem­plo de Ho­mem de Deus! E foi ali, na­que­la Ca­sa Aben­ço­a­da, que fui al­can­ça­do so­bre­ma­nei­ra pe­la gra­ça di­vi­na, por­que tu­do aqui­lo que, des­de o ven­tre de mi­nha mãe, es­ta­va es­cri­to pe­lo Pai Ce­les­tial, pe­lo Fi­lho Ama­do e pe­lo Es­pí­ri­to San­to, ini­ciou-se de mo­do tre­men­do em mi­nha vi­da! Ca­mi­nhar ao la­do des­sa Mu­lher de Deus é al­go tão di­vi­no que re­no­va as mi­nhas for­ças de ser­vir ao pró­xi­mo a ca­da ma­nhã.

E foi atra­vés da Ma­ris­te­la e sua aben­ço­a­da Fa­mí­lia que ti­ve ou­tra gran­de hon­ra, que foi che­gar à fa­mí­lia Ca­mar­go, de gran­des bên­çã­os ce­les­tia­is, que já ti­ve o pri­vi­lé­gio de ho­me­na­ge­ar nes­se es­pa­ço de­mo­crá­ti­co do DM. Mas a ver­da­de é que a sim­ples men­ção do no­me de Ma­ris­te­la des­per­ta a glo­ri­o­sa ima­gem da gra­ça de Deus na men­te das pes­so­as. Tra­ta-se de uma mu­lher que faz par­te de uma his­tó­ria de lu­ta e con­quis­tas, uma his­tó­ria ri­ca em per­so­na­gens que gri­tam no ín­ti­mo de Deus em ca­da um de nós. Ma­ris­te­la é uma mu­lher de fé, in­tré­pi­da e que re­fle­te a ver­da­dei­ra be­le­za do Es­pí­ri­to San­to!

E foi exa­ta­men­te na Fa­mí­lia de Ma­ris­te­la que en­con­trei mui­to de tu­do aqui­lo que sem­pre bus­quei en­con­trar! E, ao lon­go da ca­mi­nha­da jun­tos, com cer­te­za no­vas bên­çã­os ce­les­tia­is se­rão der­ra­ma­das so­bre mim, de tal sor­te que, es­pe­ro em Deus, que em bre­ve, mui­ta gen­te irá pre­sen­ci­ar um tes­te­mu­nho de mi­la­gres, vi­tó­ria, amor e fa­mí­lia que ja­mais dei em mi­nha vi­da! Ago­ra, sim, com a con­vi­vên­cia com es­sa Fa­mí­lia de Deus, me sin­to re­al­men­te uma no­va cri­a­tu­ra em Cris­to Je­sus, um no­vo ho­mem! E é por is­so que, atra­vés des­te sim­ples ar­ti­go, con­vi­do a to­das e to­dos pa­ra, as­sim co­mo eu, to­ma­rem pos­se de ca­da uma des­tas pa­la­vras de fé! Sai­bam que a vin­da de Je­sus es­tá pró­xi­ma, por is­so se­jam obe­di­en­tes à Pa­la­vra De­le e crei­am, por­que se acei­ta­res a Je­sus co­mo teu Se­nhor e Sal­va­dor, “ver­da­dei­ra­men­te se­reis li­vres”! (Jo­ão 8:36). Deus te aben­çoe!

 

(Pa­trick Bar­cel­los, Fa­ce­bo­ok: Pa­trick Bar­cel­los; fan page: /pa­trickbar­cel­los­go; Ins­ta­gram: @pa­trickbar­cel­los; Twit­ter: @pa­tric­bar­cel­los; e-mail: pa­[email protected]­trickbar­cel­los.com.br; )

Comentários

Mais de Opinião

27 de outubro de 2018 as 21:44

A estratégia de Pedro

27 de outubro de 2018 as 21:18

Bom dia, Brasil

26 de outubro de 2018 as 21:35

As propostas de Bolsonaro

26 de outubro de 2018 as 21:34

Ensaio sobre a criação do espaço

26 de outubro de 2018 as 21:33

Um amor de Goiânia

26 de outubro de 2018 as 21:32

Brasil e totalitarismo

26 de outubro de 2018 as 21:07

Esses corregedores do CNJ são uma piada

26 de outubro de 2018 as 21:00

O voo do DM

26 de outubro de 2018 as 20:57

Casos de câncer de mama sobem no País

26 de outubro de 2018 as 20:53

O Brasil pede socorro à CNBB!

26 de outubro de 2018 as 20:49

O direito de sonhar

26 de outubro de 2018 as 20:47

O STF legisla demais