Opinião

Em Goiás, déficit em segurança hídrica e gestão da água prejudica a população

diario da manha

O es­ta­do de Go­i­ás en­fren­ta um gran­de de­sa­fio: a fal­ta de ges­tão da água. Pa­ra pi­o­rar o pro­ble­ma, a con­du­ção po­lí­ti­ca pa­ra o sa­ne­a­men­to bá­si­co e ges­tão dos re­cur­sos hí­dri­cos en­fren­ta um qua­dro crí­ti­co cau­sa­do pe­lo dé­fi­cit de in­ves­ti­men­tos. E o go­ver­no sa­be que pre­ci­sa fa­zer a sua par­te. Ain­da que se tra­te de ser­vi­ços pú­bli­cos in­dis­pen­sá­veis, o abas­te­ci­men­to de água e tra­ta­men­to do es­go­to de­pen­dem do com­pro­me­ti­men­to por par­te do go­ver­no e so­ci­e­da­de, de que in­ves­ti­men­tos ge­ram de­sen­vol­vi­men­to ur­ba­nís­ti­co pa­ra as ci­da­des e me­lhor qua­li­da­de de vi­da pa­ra a po­pu­la­ção.

Pa­ra ga­ran­tir o aces­so sus­ten­tá­vel à água são ne­ces­sá­rios in­ves­ti­men­tos e pro­je­tos que sai­am do pa­pel. Se o go­ver­no não evo­lu­ir na ges­tão da água e sa­ne­a­men­to bá­si­co os con­fli­tos au­men­ta­rão e a qua­li­da­de de vi­da se­rá das pi­o­res. É pre­ci­so, so­bre­tu­do, que o go­ver­no pla­ne­je so­lu­ções de cur­to, mé­dio e lon­go pra­zo, de mo­do a aten­der o mai­or nú­me­ro de fa­mí­lias, mi­ni­mi­zan­do os im­pac­tos cau­sa­dos pe­la es­cas­sez. Além de fa­zer va­ler a le­gis­la­ção pa­ra co­i­bir da­nos am­bien­tais, co­mo o des­ma­ta­men­to de áre­as de pro­te­ção am­bien­tal e po­lu­i­ção de nas­cen­tes.

O go­ver­no de Go­i­ás não tem da­do aten­ção à se­gu­ran­ça hí­dri­ca, com ex­ce­ção quan­do sur­gem emer­gên­cias. O pro­ble­ma é ob­ser­va­do prin­ci­pal­men­te no ma­ne­jo das ba­cias hi­dro­grá­fi­cas, on­de os da­nos am­bien­tais cau­sa­dos pe­lo des­ma­ta­men­to não são cor­ri­gi­dos. É ne­ces­sá­rio que ha­ja uma atu­a­ção com­pro­mis­sa­da em ges­tão dos re­cur­sos hí­dri­cos e me­di­das efe­ti­vas de pla­ne­ja­men­to, fis­ca­li­za­ção e con­tro­le pa­ra as­se­gu­rar o sa­ne­a­men­to bá­si­co.

A água não po­de mais ser sub­va­lo­ri­za­da. Se me­di­das emer­gen­ci­ais não fo­rem im­ple­men­ta­das pe­lo go­ver­no e so­ci­e­da­de, a fal­ta de se­gu­ran­ça hí­dri­ca e ges­tão da água ten­de a se tor­nar um pro­ble­ma crí­ti­co que afe­ta­rá a eco­no­mia e a bi­o­di­ver­si­da­de. En­con­trar so­lu­ções pa­ra o pro­ble­ma da es­cas­sez de água é um de­ver do go­ver­no e da po­pu­la­ção.  Pa­ra es­se fim, o pró­xi­mo go­ver­na­dor de Go­i­ás pre­ci­sa co­lo­car em seu rol de go­ver­nan­ça um pro­je­to, que em sua efi­caz pra­ti­ci­da­de, es­ta­be­le­ça po­lí­ti­cas pú­bli­cas pa­ra o aces­so à água de qua­li­da­de, in­ves­ti­men­tos em es­go­ta­men­to sa­ni­tá­rio que aten­da a de­man­da da so­ci­e­da­de, pro­por­ci­o­nan­do as­sim, se­gu­ran­ça hí­dri­ca e ges­tão am­bien­tal. É pre­ci­so que ha­ja sen­si­bi­li­da­de e as­sim o se­tor te­nha in­ves­ti­men­tos e as po­pu­la­ções me­lhor qua­li­da­de de vi­da.

 

(Ro­ber­to Hi­da­si, ad­vo­ga­do am­bien­tal. E-mail: ro­ber­to­hi­da­[email protected]­hoo.com.br)

tags:

Comentários

Mais de Opinião

27 de outubro de 2018 as 21:44

A estratégia de Pedro

27 de outubro de 2018 as 21:18

Bom dia, Brasil

26 de outubro de 2018 as 21:35

As propostas de Bolsonaro

26 de outubro de 2018 as 21:34

Ensaio sobre a criação do espaço

26 de outubro de 2018 as 21:33

Um amor de Goiânia

26 de outubro de 2018 as 21:32

Brasil e totalitarismo

26 de outubro de 2018 as 21:07

Esses corregedores do CNJ são uma piada

26 de outubro de 2018 as 21:00

O voo do DM

26 de outubro de 2018 as 20:57

Casos de câncer de mama sobem no País

26 de outubro de 2018 as 20:53

O Brasil pede socorro à CNBB!

26 de outubro de 2018 as 20:49

O direito de sonhar

26 de outubro de 2018 as 20:47

O STF legisla demais