Opinião

Helio de Sousa: político competente, ético e, sobretudo, sábio

diario da manha

Ex-pre­si­den­te da As­sem­bleia Le­gis­la­ti­va de Go­i­ás (Ale­go) e Po­lí­ti­co do Ano de 2015, He­lio An­to­nio de Sou­sa (PSDB), re­e­lei­to pa­ra o sex­to man­da­to de de­pu­ta­do es­ta­du­al – o mais vo­ta­do da sua ban­ca­da, com 38.788 vo­tos – de­fen­de uma po­si­ção crí­ti­ca e res­pon­sá­vel em re­la­ção ao no­vo Go­ver­no do Es­ta­do, que se ini­cia em 1º de ja­nei­ro pró­xi­mo. Ava­li­a­do por re­pór­te­res que co­brem o dia a dia da Ale­go co­mo um dos par­la­men­ta­res mais sá­bi­os e atu­an­tes, He­lio de Sou­sa, com cer­te­za, vai con­tri­bu­ir mais uma vez pa­ra a go­ver­na­bi­li­da­de do Es­ta­do de Go­i­ás.

A ver­da­de é que He­lio de Sou­sa, gra­du­a­do em Me­di­ci­na pe­la UFG, sem­pre foi um po­lí­ti­co éti­co e com­pe­ten­te que con­se­guiu con­quis­tar ad­mi­ra­ção e res­pei­to de seus pa­res no Par­la­men­to go­i­a­no. In­clu­si­ve, no exer­cí­cio da pre­si­dên­cia da Ale­go, te­ve co­ra­gem pa­ra ado­tar me­di­das du­ras, mas ne­ces­sá­rias pa­ra o bom de­sem­pe­nho do pa­pel cons­ti­tu­ci­o­nal do Po­der Le­gis­la­ti­vo es­ta­du­al. Tan­to que se cons­ti­tui num dos ca­sos ra­ros de po­lí­ti­cos elei­tos por três anos con­se­cu­ti­vos pe­lo Clu­be dos Re­pór­te­res Po­lí­ti­cos de Go­i­ás (CRPG). In­clu­si­ve, úni­co de­pu­ta­do es­ta­du­al a ser elei­to Po­lí­ti­co do Ano, o mai­or re­co­nhe­ci­men­to do CRPG.

Tam­bém pu­de­ra! No exer­cí­cio de man­da­tos de de­pu­ta­do es­ta­du­al, apro­vou im­por­tan­tes pro­je­tos, co­mo o “Es­ta­tu­to do Por­ta­dor de Cân­cer” e a Emen­da Cons­ti­tu­ci­o­nal que des­ti­na 0,8% da re­cei­ta tri­bu­tá­ria lí­qui­da do or­ça­men­to do Es­ta­do pa­ra In­ves­ti­men­tos no Va­le do São Pa­trí­cio e Nor­te Go­i­a­no. Ou­tra gran­de vi­tó­ria de He­lio de Sou­sa foi apro­va­ção da Lei 19.000/17, que re­gu­la­ri­za a Jor­na­da de Tra­ba­lho dos ocu­pan­tes dos car­gos de Mé­di­cos pa­ra 20 ho­ras se­ma­nais, uma gran­de con­quis­ta pa­ra a clas­se mé­di­ca. Tam­bém foi cri­a­dor da Co­men­da Nabyh Sa­lum, pa­ra ho­me­na­ge­ar mé­di­cos que se des­ta­cam no exer­cí­cio da pro­fis­são.

A pro­pó­si­to, nes­ta se­gun­da-fei­ra, 22, às 20 ho­ras, em ses­são so­le­ne no Ple­ná­rio da Ale­go, He­lio de Sou­sa pro­ce­deu à en­tre­ga da ci­ta­da Co­men­da a cin­co mé­di­cos. Es­co­lhi­dos por en­ti­da­des da clas­se, os ho­me­na­ge­a­dos são es­tes: Amaury Oli­vei­ra Ta­va­res (Sin­di­ca­to dos Mé­di­cos no Es­ta­do de Go­i­ás – Si­me­go), Sa­lo­mão Ro­dri­gues Fi­lho (As­so­cia­ção dos Hos­pi­tais do Es­ta­do de Go­i­ás – AHEG), Hen­ri­que Mau­rí­cio Fan­sto­ne (As­so­cia­ção dos Hos­pi­tais Pri­va­dos de Al­ta Com­ple­xi­da­de do Es­ta­do de Go­i­ás (AHPA­CEG), Hé­lio Mo­rei­ra (Aca­de­mia Go­i­a­na de Me­di­ci­na) e Car­los Al­ber­to Xi­me­nes (As­so­cia­ção Mé­di­ca de Go­i­ás – AMG).

Em 2004 e no se­gun­do se­mes­tre de 2012, He­lio de Sou­sa foi o lí­der do Go­ver­no na As­sem­bleia Le­gis­la­ti­va, sen­do elei­to vi­ce-pre­si­den­te da Ca­sa em 2013. Em se­tem­bro de 2014, as­su­miu a Pre­si­dên­cia do Po­der Le­gis­la­ti­vo. Exer­ceu o car­go de Go­ver­na­dor em exer­cí­cio em ja­nei­ro de 2015, sen­do re­con­du­zi­do à Pre­si­dên­cia da As­sem­bleia Le­gis­la­ti­va em fe­ve­rei­ro do mes­mo ano. À fren­te do Par­la­men­to, re­a­li­zou im­por­tan­tes ações de ges­tão e tran­spa­rên­cia.

Em 29 de ju­lho de 1947, He­lio de Sou­sa, quin­to fi­lho do ca­sal Dio­ní­sio e Ro­si­nha, nas­ceu na Fa­zen­da Cór­re­go do Mel, em Bu­ri­ti Ale­gre. Em 1962, mu­da-se com a fa­mí­lia pa­ra Go­i­â­nia, on­de con­ti­nua os es­tu­dos no Co­lé­gio Es­ta­du­al Pe­dro Go­mes. Em 1967, foi apro­va­do no ves­ti­bu­lar de Me­di­ci­na da Uni­ver­si­da­de Fe­de­ral de Go­i­ás.

Já na fa­cul­da­de de Me­di­ci­na, co­me­çou a le­cio­nar Quí­mi­ca no Co­lé­gio In­hu­mas; de­pois, tor­nou-se do­cen­te no Co­lé­gio Cos­ta e Sil­va, em Go­i­â­nia, e foi apro­va­do em con­cur­so pa­ra o Co­lé­gio Apli­ca­ção da UFG. Em 1973, for­mou-se em Me­di­ci­na. Em ja­nei­ro de 1974, mu­dou-se pa­ra Go­i­a­né­sia, on­de se tor­nou co­fun­da­dor do Hos­pi­tal São Jo­sé, ao la­do dos mé­di­cos Jo­sé Bar­bo­sa de Oli­vei­ra e Jo­sé Di­as Re­zen­de.

He­lio de Sou­sa é ca­sa­do com Ma­ria Cé­lia Go­mes Sou­sa des­de 1974. É pai de três fi­lhos, Ma­cé­lio, Da­ni­el­le e He­lio Jr. Pos­sui qua­tro ne­tos: Ga­bri­el e Ce­cí­lia, fi­lhos de Ma­cé­lio e Fa­bi­a­na; e Da­vi e Ali­ce, fi­lhos de Pab­lo e Da­ni­el­le.

He­lio de Sou­sa foi pre­si­den­te da As­so­cia­ção Ve­te­ra­nos Es­por­te Clu­be; Pre­si­den­te do Sin­di­ca­to Ru­ral de Go­i­a­né­sia; pre­si­diu tam­bém o Lions Clu­be de Go­i­a­né­sia. Em 1985, par­ti­ci­pou da fun­da­ção do PFL no mu­ni­cí­pio. Por es­te par­ti­do, tor­nou-se Pre­fei­to de Go­i­a­né­sia por dois man­da­tos (1989/1992 e 1997/2000), re­a­li­zan­do im­por­tan­tes ações nas áre­as de edu­ca­ção, sa­ú­de, se­gu­ran­ça pú­bli­ca e ur­ba­ni­za­ção.

Em 1994, foi elei­to pa­ra seu pri­mei­ro man­da­to co­mo de­pu­ta­do es­ta­du­al. Na oca­si­ão, pre­si­diu a Co­mis­são de Or­ga­ni­za­ção dos Mu­ni­cí­pios e co­or­de­nou a cri­a­ção de 14 mu­ni­cí­pios em Go­i­ás. Em 2001, tor­nou-se Co­or­de­na­dor Ge­ral da Or­ga­ni­za­ção das Vo­lun­tá­rias de Go­i­ás (OVG) a con­vi­te do en­tão go­ver­na­dor Mar­co­ni Pe­ril­lo. Foi Se­cre­tá­rio de Es­ta­do da Sa­ú­de en­tre ju­lho de 2008 e fe­ve­rei­ro de 2009, a con­vi­te do ex-go­ver­na­dor Al­ci­des Ro­dri­gues.

He­lio de Sou­sa foi no­va­men­te elei­to de­pu­ta­do es­ta­du­al pa­ra o qua­dri­ê­nio 2003/2007. Des­de en­tão, tem si­do re­e­lei­to pa­ra a As­sem­bleia Le­gis­la­ti­va, ocu­pan­do im­por­tan­tes car­gos no Par­la­men­to go­i­a­no. Foi pre­si­den­te da Co­mis­são de Cons­ti­tu­i­ção Jus­ti­ça e Re­da­ção (CCJ) em 2005 e no bi­ê­nio 2007/2008. Em 2009, tor­nou-se pre­si­den­te da Co­mis­são de Tri­bu­ta­ção, Fi­nan­ças e Or­ça­men­to. Foi elei­to pe­lo CRPG por du­as ve­zes con­se­cu­ti­vas De­pu­ta­do Es­ta­du­al do Ano. Es­ta é a se­gun­da vez, tam­bém, que ren­do mi­nhas ho­me­na­gens a ele nes­se es­pa­ço de­mo­crá­ti­co do Di­á­rio da Ma­nhã. E que Deus con­ti­nue gui­an­do os pas­sos des­se po­lí­ti­co de fé!

 

(Jo­ão Nas­ci­men­to, jor­na­lis­ta)

Comentários

Mais de Opinião

27 de outubro de 2018 as 21:44

A estratégia de Pedro

27 de outubro de 2018 as 21:18

Bom dia, Brasil

26 de outubro de 2018 as 21:35

As propostas de Bolsonaro

26 de outubro de 2018 as 21:34

Ensaio sobre a criação do espaço

26 de outubro de 2018 as 21:33

Um amor de Goiânia

26 de outubro de 2018 as 21:32

Brasil e totalitarismo

26 de outubro de 2018 as 21:07

Esses corregedores do CNJ são uma piada

26 de outubro de 2018 as 21:00

O voo do DM

26 de outubro de 2018 as 20:57

Casos de câncer de mama sobem no País

26 de outubro de 2018 as 20:53

O Brasil pede socorro à CNBB!

26 de outubro de 2018 as 20:49

O direito de sonhar

26 de outubro de 2018 as 20:47

O STF legisla demais