Opinião

Por que Moisés não entrou na terra prometida?

diario da manha

Moisés foi um grande libertador, pois, ele foi o responsável pela libertação do Povo de Israel do Egito, segundo a Bíblia, era um homem instruído em toda a sabedoria e em todo o conhecimento dos egípcios, inclusive era um dos sucessores ao trono de Faraó, porque fora criado pela filha de Faraó.

No entanto, Moisés, não abriu mão das suas origens, e conta-nos o texto bíblico que, certo dia quando ele viu um egípcio maltratando um judeu, ele revidou a favor do Israelita e acabou matando o egípcio, com medo de sofrer represálias fugiu para o deserto de Midiã e durante quarenta anos apascentou o rebanho de seu sogro Jetro.

Moisés já estava com a idade de oitenta anos, quando Deus aparece para ele do meio de uma sarça ardente , esse episódio ocorreu no deserto do monte Sinai, na península do Sinai, no Egito.

Moisés já estava com a idade de oitenta anos, quando Deus aparece para ele do meio de uma sarça ardente , esse episódio ocorreu no deserto do monte Sinai, na península do Sinai, no Egito.

Deus capacita Moisés com poderes sobrenaturais, revestindo-lhe de autoridade para descer ao Egito e intermediar com Faraó a saída do Povo de Israel, para conquistar a terra de Canaã, a terra prometida.

O povo de Israel tornara escravo do último Faraó e vivia uma vida de grande opressão na terra do Egito.

Deus ordena a Moisés e Arão, seu irmão, que vão até Faraó para pedir-lhe que liberte o povo de Israel, a fim de irem em direção a terra de Canaã, segundo a Bíblia, seria uma terra que manava leite e mel, isso fala que seria uma terra de muita fartura e de mais paz.

A princípio, Faraó se endureceu mas, Deus enviou as dez pragas e o povo de Israel, finalmente, foi liberto, iniciando assim, o Êxodo, tendo Moisés como o condutor do povo.

Israel peregrinou durante quarenta anos pelo deserto, por causa da dureza do coração dos Israelitas e das constantes murmurações do povo contra Deus e contra Moisés.

No final dos quarenta anos, da geração que saiu do Egito, somente Josué e Calebe entraram na terra de Canaã, Moisés morreu no monte Nebo e apenas avistou de longe á terra prometida.

Os estudiosos do Pentateuco sempre levantaram alguns questionamentos, sobre quais os motivos que Moisés não entrou na terra prometida.

Existem três motivos que são os mais convincentes, são eles:

1 – Ao invés de falar á rocha ele a feriu – Êxodo 20. 8 – Deus disse para Moisés: “ Falai a rocha” , mas, Moisés desobedeceu, Êxodo 20.11 : “Moisés levantou a sua mão, e feriu a rocha duas vezes com a sua vara”.

O texto quer nos mostrar que Deus não precisava da ajuda de Moisés, e também o texto mostra que ele não dependeu totalmente de Deus, pois, o fato dele ferir á rocha ao invés de falar-lhe, demonstrou da parte de Moisés, um certo tipo de incredulidade.


2 – Moisés quebrou as tabuas da lei – Êxodo 32 : “E arremessou as pedras das suas mãos, e quebrou-as ao pé do monte”. Essa atitude mostra sua ira que se acendeu contra o povo de Israel, no entanto, a sua ira não justificaria a quebra das pedras da lei, uma vez que, Deus não havia lhe ordenado tal atitude.


3 – Esse terceiro motivo, foi o motivo mais agravante pelo qual ele não entrou na terra prometida.

“Pedir que Deus riscasse o seu nome do livro “ – Êxodo 32.32 : “ Perdoa o pecado do povo, se não, risca o meu nome do teu livro que tens escrito”.

Quanta arrogância de Moisés perante Deus, não?

Por mais que Moisés fora um homem escolhido por Deus para libertar o povo de Israel, inclusive, sendo um homem destacado e de uma comunhão muito estreita com Deus.

Ao ponto de ver visivelmente a Glória de Deus ( a Shekinah de Deus) isso não justificava a sua ousadia para com Deus, nesse caso, Moisés pecou contra a autoridade de Deus , além do mais, Moisés quis se colocar como um verdadeiro “salvador da Pátria” perante o povo de Israel, ao exigir algo que estava sobre a vontade soberana de Deus.

Deus perdoou o pecado do povo e também o pecado de Moisés, mas a conseqüência do seu pecado, ele teve que assumir, pois, ele não entrou na terra de Canaã.

Isaías 42.8 : “ Eu sou o Senhor, este é o meu nome, a minha glória,pois, a outrem não darei”.

tags:

Comentários

Mais de Opinião

27 de outubro de 2018 as 21:44

A estratégia de Pedro

27 de outubro de 2018 as 21:18

Bom dia, Brasil

26 de outubro de 2018 as 21:35

As propostas de Bolsonaro

26 de outubro de 2018 as 21:34

Ensaio sobre a criação do espaço

26 de outubro de 2018 as 21:33

Um amor de Goiânia

26 de outubro de 2018 as 21:32

Brasil e totalitarismo

26 de outubro de 2018 as 21:07

Esses corregedores do CNJ são uma piada

26 de outubro de 2018 as 21:00

O voo do DM

26 de outubro de 2018 as 20:57

Casos de câncer de mama sobem no País

26 de outubro de 2018 as 20:53

O Brasil pede socorro à CNBB!

26 de outubro de 2018 as 20:49

O direito de sonhar

26 de outubro de 2018 as 20:47

O STF legisla demais