Opinião

A quem interessa a debilidade do PROCON/GOIÁS?

diario da manha

O PRO­CON (Pro­gra­ma de Pro­te­ção e De­fe­sa do Con­su­mi­dor) é um ór­gão vin­cu­la­do ao Po­der Exe­cu­ti­vo dos Es­ta­dos, Mu­ni­cí­pios e Dis­tri­to Fe­de­ral pos­su­in­do co­mo fim ins­ti­tu­ci­o­nal a pro­te­ção e de­fe­sa dos di­rei­tos e in­te­res­ses dos con­su­mi­do­res.

Em que pe­se na mai­o­ria dos Es­ta­dos e Mu­ni­cí­pios ele ser um ór­gão, na­da im­pe­di­ria que o en­te es­ta­tal o or­ga­ni­zas­se co­mo au­tar­quia ou fun­da­ção pú­bli­ca, o que per­mi­ti­ria mai­or au­to­no­mia téc­ni­ca, ad­mi­nis­tra­ti­va, or­ça­men­tá­ria e fi­nan­cei­ra.

In­de­pen­den­te­men­te da po­si­ção em que se en­con­tre in­se­ri­do na ad­mi­nis­tra­ção, fa­to é que os PRO­CONs, por es­ta­rem pró­xi­mos à po­pu­la­ção, aten­den­do di­re­ta­men­te às su­as de­man­das, têm di­a­ria­men­te ga­nha­do vi­si­bi­li­da­de, res­pei­to e con­fi­an­ça.

No Es­ta­do de Go­i­ás, a cri­a­ção do PRO­CON re­mon­ta ao ano de 1986. Cons­ti­tu­í­do co­mo ór­gão, foi in­se­ri­do ini­ci­al­men­te den­tro da Se­cre­tá­ria do Pla­ne­ja­men­to e Co­or­de­na­ção, to­da­via, após inú­me­ras mu­dan­ças le­gis­la­ti­vas, en­con­tra-se atu­al­men­te na po­si­ção de Su­pe­rin­ten­dên­cia, in­te­gran­do a Se­cre­ta­ria de Es­ta­do de Se­gu­ran­ça Pú­bli­ca.

Fren­te ao cres­cen­te nú­me­ro de aten­di­men­tos à po­pu­la­ção Go­i­a­na, fri­sa-se, em 2017 o PRO­CON/GO­I­ÁS re­a­li­zou 169.930 aten­di­men­tos, au­men­ta­ram-se as pres­sões so­bre o Go­ver­na­dor do Es­ta­do, pa­ra a re­a­li­za­ção de con­cur­so pú­bli­co pa­ra o pro­vi­men­to dos car­gos exis­ten­tes no ór­gão, até en­tão ocu­pa­dos por ser­vi­do­res co­mis­sio­na­dos e efe­ti­vos em des­vio de fun­ção.

As­sim, em ou­tu­bro de 2017, o Es­ta­do lan­çou o edi­tal do con­cur­so pú­bli­co pa­ra pro­vi­men­to de va­gas no car­go de Fis­cal das Re­la­ções de Con­su­mo. Ocor­re que, pu­bli­ca­do o re­sul­ta­do fi­nal no dia 20/06/2018, de­vi­da­men­te ho­mo­lo­ga­do no dia 26/06/2018, o Go­ver­na­dor man­tém-se re­lu­tan­te em pro­ce­der com as no­me­a­ções, mes­mo ten­do a Su­pe­rin­ten­den­te do PRO­CON/GO­I­ÁS e o Se­cre­tá­rio da Se­cre­ta­ria de Es­ta­do e Se­gu­ran­ça Pú­bli­ca, via pro­ces­so ad­mi­nis­tra­ti­vo n°. 201800016015292, so­li­ci­ta­do com a má­xi­ma ur­gên­cia a no­me­a­ção dos 15 (quin­ze) apro­va­dos, de­vi­do ao dé­fi­cit de ser­vi­do­res.

Tal fa­to faz-me ques­ti­o­nar: a quem in­te­res­sa a de­bi­li­da­de do PRO­CON/GO­I­ÁS?

Con­for­me é de co­nhe­ci­men­to de to­dos, o con­cur­so pú­bli­co pres­ta-se à ga­ran­tia da efi­ci­ên­cia e mo­ra­li­za­ção no pro­ces­so de in­gres­so de pes­so­al no ser­vi­ço pú­bli­co, con­tri­buin­do sig­ni­fi­ca­ti­va­men­te pa­ra a es­co­lha do pro­fis­si­o­nal mais ap­to den­tre aque­les dis­po­ní­veis no mer­ca­do de tra­ba­lho, se­gun­do cri­té­rios de­fi­ni­dos em edi­tal.

No ca­so, o PRO­CON/GO­I­ÁS exis­te há 32 anos e tão so­men­te em 2017 fo­ra re­a­li­za­do o pri­mei­ro con­cur­so pú­bli­co pa­ra pro­vi­men­to de va­gas no car­go de Fis­cal das Re­la­ções de Con­su­mo. Um cer­ta­me que se­le­ci­o­nou os 15 (quin­ze) can­di­da­tos mais ca­pa­ci­ta­dos de um to­tal de 5.819 ins­cri­tos, cu­jas no­me­a­ções en­con­tram-se em­per­ra­das, aguar­da­do pro­vi­men­to dos Se­cre­tá­rios da Fa­zen­da, Ges­tão e Pla­ne­ja­men­to e Che­fe da Con­tro­la­do­ria Ge­ral do Es­ta­do.

Ora, a quem in­te­res­sa a de­bi­li­da­de do PRO­CON/GO­I­ÁS não se po­de afir­mar com pre­ci­são. No en­tan­to, a po­pu­la­ção é a mai­or pre­ju­di­ca­da com o en­fra­que­ci­men­to do ór­gão. Es­pe­ra-se, pois, que o Mi­nis­té­rio Pú­bli­co to­me as pro­vi­dên­cias ca­bí­veis e que os pró­prios de­pu­ta­dos es­ta­du­ais elei­tos, que se di­zem de­fen­so­res dos di­rei­tos dos con­su­mi­do­res, pres­si­o­nem pa­ra for­ta­le­cer o ór­gão, le­van­do aos seus elei­to­res e à po­pu­la­ção em ge­ral um ser­vi­ço pú­bli­co ade­qua­do e efi­ci­en­te.

 

(Ro­nal­do Ma­ri­a­no da Sil­va Sou­sa, ad­vo­ga­do, pús-gra­du­a­do em Di­rei­to Cons­ti­tu­ci­o­nal e Ad­mi­nis­tra­ti­vo – PUC/GO, apro­va­do em 8° lu­gar no con­cur­so pú­bli­co pa­ra pro­vi­men­to das va­gas de Fis­cal das Re­la­ções de Con­su­mo – PRO­CON/GO­I­ÁS)

tags:

Comentários

Mais de Opinião

27 de outubro de 2018 as 21:44

A estratégia de Pedro

27 de outubro de 2018 as 21:18

Bom dia, Brasil

26 de outubro de 2018 as 21:35

As propostas de Bolsonaro

26 de outubro de 2018 as 21:34

Ensaio sobre a criação do espaço

26 de outubro de 2018 as 21:33

Um amor de Goiânia

26 de outubro de 2018 as 21:32

Brasil e totalitarismo

26 de outubro de 2018 as 21:07

Esses corregedores do CNJ são uma piada

26 de outubro de 2018 as 21:00

O voo do DM

26 de outubro de 2018 as 20:57

Casos de câncer de mama sobem no País

26 de outubro de 2018 as 20:53

O Brasil pede socorro à CNBB!

26 de outubro de 2018 as 20:49

O direito de sonhar

26 de outubro de 2018 as 20:47

O STF legisla demais