Opinião

Aparecida de Goiânia: potencialidade que desperta grandes investidores

diario da manha

Apa­re­ci­da de Go­i­â­nia é uma das ci­da­des me­tro­po­li­ta­nas mais pro­mis­so­ras do Pa­ís e se apre­sen­ta com pers­pec­ti­vas eco­nô­mi­cas fa­vo­rá­veis ao de­sen­vol­vi­men­to. A ci­da­de vi­ve um mo­men­to im­por­tan­te com in­ves­ti­men­tos em in­fra­es­tru­tu­ra, cri­a­ção de po­los em­pre­sa­ri­ais e in­dus­tri­ais, além do sal­do gra­du­al na ge­ra­ção de em­pre­go. A ins­ta­la­ção de in­dús­tri­as e co­mér­cios no mu­ni­cí­pio re­for­ça o de­sem­pe­nho da atra­ção de in­ves­ti­men­tos pa­ra a re­gi­ão Les­te da ci­da­de, sen­do uma das que mais po­de cres­cer nos pró­xi­mos anos. Com aces­so à du­as das mai­o­res ro­do­vi­as fe­de­ra­is, BR-153 e BR-060, que co­nec­ta o mu­ni­cí­pio às re­gi­ões nor­te, sul e su­des­te do Bra­sil, es­ta é uma re­gi­ão pri­vi­le­gi­a­da que tem des­per­ta­do o in­te­res­se de in­ves­ti­do­res de vá­ri­as re­gi­ões do Bra­sil.

Além da lo­ca­li­za­ção ge­o­grá­fi­ca pri­vi­le­gi­a­da e dos cin­co pó­los em­pre­sa­ri­ais e in­dus­tri­ais, que im­pul­si­o­na o tu­ris­mo de ne­gó­ci­os, a po­ten­ci­a­li­da­de pa­ra o se­tor de in­ves­ti­men­tos tem des­per­ta­do a aten­ção de gran­des em­pre­sas. O se­tor pro­du­ti­vo tem acre­di­ta­do no po­ten­ci­al da ci­da­de. Is­so re­for­ça o tra­ba­lho da ad­mi­nis­tra­ção que tem me­lho­ra­do e pro­por­ci­o­na­do con­di­ções fa­vo­rá­veis pa­ra a ins­ta­la­ção de no­vas in­dus­tri­as a ca­da ano. Com in­ves­ti­men­tos em in­fra­es­tru­tu­ra e qua­li­fi­ca­ção da mão de obra tor­na­mos a ci­da­de atra­ti­va, o que tem mu­da­do a re­a­li­da­de de mui­tas fa­mí­lias.

Ao in­ves­tir na me­lho­ria da qua­li­da­de de vi­da da po­pu­la­ção, com ações vol­ta­das pa­ra a sa­ú­de, edu­ca­ção, se­gu­ran­ça pú­bli­ca e as­sis­tên­cia so­ci­al, a ad­mi­nis­tra­ção mu­ni­ci­pal e o go­ver­no de Go­i­ás trans­for­ma­ram Apa­re­ci­da de Go­i­â­nia nu­ma ci­da­de me­lhor pa­ra se vi­ver. Fo­ram cri­a­dos o Res­tau­ran­te Ci­da­dão, o Cen­tro de Re­fe­rên­cia e Ex­ce­lên­cia em De­pen­dên­cia Quí­mi­ca (Credeq), Hos­pi­tal de Ur­gên­cia de Apa­re­ci­da de Go­i­â­nia (Hu­a­pa), Uni­ver­si­da­de do Es­ta­do de Go­i­ás (UEG), Ins­ti­tu­to Tec­no­ló­gi­co (Ite­go), três uni­da­des do Vapt-Vupt,Ins­ti­tu­to me­di­ci­na le­gal  (IML), De­tran, co­lé­gios mi­li­ta­res, re­cons­tru­ção e du­pli­ca­ção da ro­do­via GO-040, pas­sa­re­las, cons­tru­ção de es­co­las mo­de­lo XXI, de­le­ga­cias po­lí­cia ci­vil ,ba­ta­lhões da pm, cor­po de bom­bei­ros, etc. Além de im­por­tan­tes equi­pa­men­tos pú­bli­cos da ad­mi­nis­tra­ção mu­ni­ci­pal, co­mo as três Uni­da­des de Pron­to-Aten­di­men­to (UPA) des­ta­co a uni­da Ge­ral­do Ma­ge­la no par­que flam­boyant em ter a pri­mei­ra (brin­que­do­te­ca),  o Cen­tro Olím­pi­co, du­as uni­da­des do Cen­tro de Ar­tes e Es­por­tes Uni­fi­ca­dos (CEU), Res­tau­ran­te Po­pu­lar, uni­da­des do Cen­tro Mu­ni­ci­pal de Edu­ca­ção In­fan­til (Cmei), as uni­da­des dos Cen­tros de Con­vi­vên­cia e de As­sis­tên­cia So­ci­al, eco­pra­ças com aca­de­mia ao ar li­vre, par­ques com qua­dras de es­por­tes e, em bre­ve, a po­pu­la­ção con­ta­rá com o fun­cio­na­men­to do Hos­pi­tal Mu­ni­ci­pal, o Cen­tro de Es­pe­cia­li­da­des Mé­di­cas e o Cen­tro In­te­gra­do de Es­por­tes.

Nos­sa ci­da­de es­tá atra­ves­san­do de­sa­fi­os, se mo­der­ni­zan­do, ge­ran­do opor­tu­ni­da­des de em­pre­go e ren­da, dis­po­ni­bi­li­zan­do equi­pa­men­tos pú­bli­cos e obras im­por­tan­tes pa­ra a po­pu­la­ção e, cla­ro, for­ta­le­cen­do sua vo­ca­ção eco­nô­mi­ca que é fun­da­men­tal pa­ra o seu de­sen­vol­vi­men­to.  Pa­ra o mu­ni­cí­pio, exis­tem dois ce­ná­rios pro­vá­veis que de­pen­de­rão de de­ci­sões tan­to a ní­vel mu­ni­ci­pal co­mo es­ta­du­al: a for­ma co­mo­se­rão di­re­cio­na­das as po­lí­ti­cas de atra­ti­vi­da­de pa­ra no­vos in­ves­ti­men­tos e a con­ti­nui­da­de de obras im­por­tan­tes pa­ra o de­sen­vol­vi­men­to da ci­da­de.

 

(Mai­o­ne Pa­dei­ro, ex-pre­si­den­te da ala jo­vem da As­so­cia­ção Co­mer­cial e In­dus­tri­al de Apa­re­ci­da de Go­i­â­nia Aciag Jo­vem, mem­bro do Fó­rum Jo­vem de Li­de­ran­ças Em­pre­sa­ri­ais de Go­i­ás, su­plen­te ve­re­a­dor de Apa­re­ci­da de Go­i­â­nia, ar­ti­cu­lis­ta e su­per­vi­sor na Re­gi­ão Me­tro­po­li­ta­na do Pro­gra­ma Go­i­ás na Fren­te)

Comentários

Mais de Opinião

27 de outubro de 2018 as 21:44

A estratégia de Pedro

27 de outubro de 2018 as 21:18

Bom dia, Brasil

26 de outubro de 2018 as 21:35

As propostas de Bolsonaro

26 de outubro de 2018 as 21:34

Ensaio sobre a criação do espaço

26 de outubro de 2018 as 21:33

Um amor de Goiânia

26 de outubro de 2018 as 21:32

Brasil e totalitarismo

26 de outubro de 2018 as 21:07

Esses corregedores do CNJ são uma piada

26 de outubro de 2018 as 21:00

O voo do DM

26 de outubro de 2018 as 20:57

Casos de câncer de mama sobem no País

26 de outubro de 2018 as 20:53

O Brasil pede socorro à CNBB!

26 de outubro de 2018 as 20:49

O direito de sonhar

26 de outubro de 2018 as 20:47

O STF legisla demais