Política & Justiça

Cardozo discute pacote anticorrupção

diario da manha
José Cardozo, ministro da Justiça (divulgação)

Folhapress
O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, apresentou aos líderes da base aliada as medidas de combate à corrupção que serão enviadas ao Congresso como resposta às manifestações e à crise política, ontem, no Palácio do Jaburu, residência do vice-presidente Michel Temer (PMDB).
O encontro faz parte de um movimento iniciado pela presidente Dilma Rousseff de aproximação com o Congresso, com encontros periódicos com parlamentares da base aliada e a cúpula do governo. Cardozo expôs as ideias do governo e ouviu a opinião dos deputados sobre as propostas.
Para afagar a base, Temer chegou a citar o filósofo francês Jean Jacques Rousseau para dizer que o Legislativo é o Poder mais importante na representação do povo, segundo relatos de parlamentares. O líder do governo na Câmara, José Guimarães (PT-CE), afirmou que “de sete a dez grandes medidas integram o pacote”, mas não adiantou detalhes. Outros parlamentares citaram, entre as propostas, a extensão da Lei da Ficha Limpa a funcionários públicos em todas as esferas de governo e a agilização de processos judiciais.
“É um marco porque os líderes da base discutiram o conteúdo do pacote. Não vai pegar ninguém de surpresa”, afirmou Guimarães. O Planalto vai propor gradações para a multa que empresas investigadas têm de pagar.

Comentários