Política & Justiça

Marconi mostrou ser um estadista

Amyn Daher Especial para Diário da Manhã

Os governos têm que separar partidos políticos de suas administrações e saber fazer esta separação, isto mostra a capacidade de um grande líder, pois, quando eleito, é para governar um Estado, uma Nação, não para ser governo dos seguidores de um determinado partido.
Esta separação fez muito bem o governador de Goiás na vinda da presidente em nosso Estado e a defendeu por ter sido ela, a eleita pelo sufrágio eleitoral da maioria, então não poderia ter feito diferente, em receber e fazer um discurso contundente prestando-lhes as honras da casa, mostrando que Goiás é contra as injustiças e que o Estado está aberto para interceder e colaborar para estabilidade econômica brasileira.
A presidente da república Dilma Rousseff hoje se encontra com um índice de rejeição muito grande, devido a erros cometidos em seu governo, erros que agora parece querer concertar para o bem do Brasil como um todo. Não podemos desejar o pior, porque afetará a vida de todos e, isto, os brasileiros não desejam, temos que ter a ética e saber discernir para que a presidente da República acerta e coloque o País para caminhar a passos largos rumo ao desenvolvimento sustentável, mas para isto, o bom senso tem que prevalecer, atitudes drásticas tem que serem tomadas, o combate à corrupção tem que ter vigília constante e mudanças nas leis, para impedir que estes crimes continuem a serem impunes. A reeleição, outro fato importante, tem que acabar, simplesmente por saber que o continuísmo criam vícios e isto não é bom para o Brasil.
O governador de Goiás mostrou maturidade e grandeza em prestar homenagem à presidente da República, ela encontra em uma situação desconfortável diante da população, nesta hora, os políticos oportunistas costumam abandonarem o barco e começaram a migrarem para a oposição, gestos grotescos que mostram a verdadeira face dos aproveitadores de ocasião, que na realidade não respeitam o Brasil. Estes atos inescrupulosos, que muitos aproveitam para fazerem discursos contrários, são atos de aproveitadores, mas diferente do ato do governador que foi a recepção, fez um discurso e transformou as vaias inicias em aplausos, por ele ter dito palavras verdadeiras de um grande governante que quer o bem da Nação brasileira.
Governar é ter o senso crítico e escutar conselhos dos homens verdadeiros e éticos que querem contribuir com o crescimento sustentável da Nação. É querer o bem comum da comunidade, que tanto anseia e deseja o bem das famílias brasileiras que querem o mínimo para poder viver com dignidade. A mentira não pode existir, a ética tem que fazer parte de todo governo, e os anseios populares têm que ser atendidos para a melhoria da vida do povo e a educação tem que ser primordial na administração pública, para que o futuro do País esteja assegurado à prosperidade.
Parabéns, governador, por sua postura e educação, isto não significa que concorda com o tipo de governo que a presidente vem fazendo, mas mostrou que Goiás quer que ela acerte para o bem do País. Goiás está nas mãos certas e quem sabe os seus voos, governador, sejam ainda maiores rumo à presidência da república.

(Amyn Daher Jr., escritor)

Comentários