Política & Justiça

Conselho de Ética não apura falta de decoro do passado

diario da manha

 

A Assembleia Legislativa instaurou oficialmente na tarde de ontem, através de reunião oficial, a formação do Conselho de Ética da Casa, onde foram eleitos os deputados Humberto Aidar (PT) para a presidência e o deputado Álvaro Guimarães (PR) para a vice-presidência, por unanimidade. Ainda, fazem parte do Conselho os deputados: Bruno Peixoto (PMDB), Lucas Calil (PSL), Francisco Jr (PSD), Júlio da Retífica (PSDB) e Valcenôr Braz (PTB). E também, os suplentes Luis Cesar Bueno (PT), Gustavo Sebba (PSDB), Ernesto Roller (PMDB), Lincoln Tejota (PSD), Simeyzon Silveira (PSC), Jean (PHS) e Carlos Antonio (SD).

O presidente eleito afirmou que o Conselho servirá para garantir o respeito entre os pares e bom andamento das sessões e comissões, e que se eventualmente alguma denúncia ou caso surgir, o mesmo será investigado. “Esse não será um desses Conselhos de faz de conta”, afirmou com veemência. Humberto agradeceu os pares pela eleição unânime e afirmou que o Poder Legislativo deu um passo de enorme importância na tarde de hoje. “Era uma cobrança da sociedade e um compromisso de campanha do presidente Helio de Sousa (DEM), aprovar a criação desse Conselho; um projeto que luto há anos para realizar. Esperem serenidade e firmeza da minha parte à frente dessa presidência”, reforçou Aidar.

 

Necessário

O vice-presidente do Conselho de Ética, deputado Álvaro Guimarães, aproveitou para chamar a atenção dos colegas para a sua alegria e satisfação de instalar e ajudar a presidir o Conselho, pedindo um esforço redobrado dos deputados ao cumprimento do regimento interno e reforçando o momento importante da Casa. “A Assembleia finalmente está completa”, afirma.

Diversos deputados aproveitaram a reunião para manifestar apoio a criação do Conselho e a eleição do presidente e vice, dentre eles, o presidente da Casa, Helio de Sousa. O líder do governo na Casa, deputado José Vitti (PSDB), reiterou a importância desse momento, bem como a luta de Humberto Aidar e do presidente Helio de Sousa para a instalação do Conselho. Talles Barreto (PTB) cobrou que o Conselho de Ética, a partir de agora, já comece a impor respeito no Parlamento, demonstrando sua importância e credibilidade.

Lincoln Tejota (PSD) reforçou a escolha de Humberto e Álvaro para a presidência e vice. “São deputados extremamente profissionais, competentes, que sabem ser impessoais e já demonstraram isso aos colegas e ganharam o respeito de todos. Santana Gomes (PSL) reforçou o elogio e lembrou ainda que essa legislatura entrará para a história com o feito dessa tarde, lembrando que o Poder Legislativo tem que sempre ser maior que o mandato de deputado.

Gustavo Sebba (PSDB) aproveitou para parabenizar a mesa diretora do Conselho e transmitir as felicitações do prefeito de Catalão e ex-deputado, Jardel Sebba (PSDB). Carlos Antonio (SD) falou da tranquilidade em saber dos nomes que presidem o Conselho, lembrando que se todos os colegas tiverem responsabilidade no seu trabalho, com certeza, Humberto Aidar irá trabalhar pouco. Luis Cesar Bueno, líder do PT, afirmou não poder deixar de parabenizar o colega de partido pela eleição a presidente do Conselho de Ética, dizendo que essa escolha irá garantir o debate, o respeito na Casa e a valorização da soberania do Poder.

Comentários