Política & Justiça

Político 'vida loka' que está em Miami deseja Bíblia nas escolas

diario da manha

Welliton Carlos

A política e as redes sociais podem ser uma combinação explosiva e perigosa para a imagem de agentes públicos. Uma publicação inocente de Mizair Lemes (PMDB), vereador por Goiânia, o tornou ‘persona nos grata on line’ nos últimos dois dias.

O linchamento digital foi capaz de multiplicar os compartilhamentos, que chegaram à casa dos 20 mil! As referências ao vereador são impublicáveis. E outras tantas elogiosas: afinal, está de bem com a vida.

Em um post do Instagram, o político aparecia de forma diferente ao que se vê em plenário, onde se esforça para alinhar o corpo ao terno e sapato fino que se exige nas regras de estilo.

Na imagem, de perna de fora, camisa amarela da seleção, de óculos escuros degradê, queixo empinado, barba por fazer, de corte moderninho, o representante do povo diz que está nos Estados Unidos.  Os mais venenosos – pelas redes sociais – disseram que o jovem vai para o exterior “viver a vida ‘lôka’”, em referência a uma música da banda de rap Racionais.

O ‘carango’ do vereador é um conversível. Nada mais se retira da informação visual.  Não se sabe, por exemplo, o que o vereador faz exatamente nos Estados Unidos, visto que o recesso parlamentar se encerrou em 4 de agosto e a Câmara Municipal ainda não criou a figura do vereador virtual ou holográfico.

Menos ainda se sabe o motivo dele se afastar da capital quando temas cruciais, como a possível abertura de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI), entram em pauta.

A proposta pelo vereador Djalma Araújo (SDD), que visa investigar o desvio de quase 100 toneladas de carne bovina e que deveria chegar nas escolas da Capital, é uma novidade para o vereador, cujo projeto mais relevante visa levar a Bíblia para as repartições públicas e obrigar sua leitura – como se isso fosse um capítulo nos livros de Direito Administrativo de Marçal Justen Filho ou Maria Sylvia Zanello di Pietro.

PLAY

Nos comentários do post deletado, um amigo diz: “você está play, hem, vereador?”. No dialeto dos morros cariocas, play é ‘ligado’, ‘ligadaço’, ‘ligadão’. No bom inglês, você aperta o ‘play’ para rodar um som, um DVD, qualquer aparelho.

Após a repercussão negativa, o vereador deletou a imagem de sua conta. E mais: publicou uma nota no Facebook: “Venho esclarecer que justifiquei à Câmara Municipal de Goiânia que estaria fora do país entre os dias 27 de agosto e 05 de setembro de 2015 para tratar de assuntos de interesse particular. A viagem não tem caráter oficial e foi custeada com recursos próprios. As passagens foram adquiridas por programa de milhagens e o itinerário foi programado com dois anos de antecedência. Vocês conhecem o meu trabalho na Câmara por Goiânia. Sou extremamente assíduo em Plenário e o resultado do meu trabalho pode ser visto nos mais de dois mil requerimentos, 28 projetos de leis e nas quatro leis em vigência de minha iniciativa. Me coloco à disposição para esclarecer qualquer mal entendido, seja por meio do meu gabinete, na unidade móvel, ou aqui mesmo, pelas redes sociais, como sempre fizemos. Reafirmo agora e sempre o meu compromisso de trabalhar para o contínuo progresso da nossa capital. Seu amigo, Mizair Lemes Júnior”.

O retorno de Mizair para Goiânia está marcado para o sábado.

De uma coisa ninguém pode reclamar: com a alta do dólar, ele saiu ganhando na turnê por Miami e adjacências. O invejoso que desejar fazer o mesmo vai pagar bem mais caro. Segundo o representante do povo, há dois anos que ele fechou tudo – itinerário e pacote.

Comentários