Política & Justiça

Assembleia Legislativa aprova campanha de combate ao machismo na escola pública

diario da manha

A proposta de lei da deputada Adriana Accorsi que prevê o combate ao machismo nas escolas públicas foi aprovado, nesta quarta-feira (14/9), na Assembleia Legislativa. A medida determina que as unidades de ensino deverão formar uma equipe multidisciplinar com docentes, pais, alunos e voluntários para promover atividades informativas e de conscientização.

A campanha a ser promovida nas escolas deve abranger temas sobre as desigualdades de gênero e sobre a opressão sofrida pelas mulheres e, dessa forma conscientizar os alunos e alunas sobre o machismo e combater sua reprodução. A autora da proposta acredita que a campanha irá envolver toda comunidade, organizações sociais e até os meios de comunicação e, por meio de debates, inibir novos casos de agressões às mulheres.

“Sendo a escola um dos primeiros locais de aprendizagem e convívio social das crianças, é papel do poder público implementar práticas pedagógicas que estimulem a reflexão e a crítica ao machismo, buscando interromper a reprodução dessa prática”, afirmou Accorsi. A matéria foi aprovada em segunda e última votação na Assembleia Legislativa e segue para apreciação do governador do estado para veto ou sanção.

Comentários