Avião com ex-senador boliviano cai em Goiás

Avião caiu em Luziânia; político foi levado para hospital do DF

Postado por Beto Silva em 13 de Agosto de 2017 às 02h40

Conforme a revista Veja, um avião de pequeno porte caiu no início da noite deste sábado, 12, no aeroclube de Luziânia, cidade goiana no entorno do Distrito Federal, a cerca de 200 quilômetros de Goiânia.

A aeronave prefixo PU-MON ficou destruída e o piloto, Roger Pinto Molina, de 58 anos, único ocupante, saiu gravemente ferido. Molina foi senador na Bolívia pelo Plano de Progresso para a Bolívia – Convergência Nacional, partido de extrema direita.

Em entrevista a VEJA no começo do ano, Molina afirmou que aceitou o fato de que o Brasil passaria a ser o seu novo país e foi em busca de um emprego. “Tirei brevê e iniciei uma nova carreira. Eu, que já pilotava ultraleve, descobri na aviação o meu prazer e o meu sustento”, disse.

Ele se tornou conhecido no Brasil em 2012 quando, acusado no governo Evo Morales por irregularidades como dano econômico ao Estado, estimados na época em US$ 1,7 milhão, em mais de 20 processos, se refugiou na embaixada do Brasil em La Paz. Conseguiu asilo no Brasil no ano seguinte sob alegação de perseguição política. Sua fuga para o Brasil, transportado de carro pela fronteira boliviana em Corumbá, no Mato Grosso do Sul, causou dissabores ao governo brasileiro e levou à demissão do então ministro das Relações Exteriores, Antônio Patriota.