Política & Justiça

Doria quer união para enfrentar Lula e Bolsonaro

diario da manha

João Doria (PSDB), prefeito de São Paulo, propôs, nesta terça-feira (31/10), a criação de uma frente de partidos para lançar candidato único em 2018. Para ele, os partidos de centro (PSDB, PMDB, DEM, PPS, PP, PR, PRB, PV e PSB) deveriam se unir para tentar derrotar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o deputado Jair Bolsonaro (PSC).

Ele disse, a jornalistas, depois de falar sobre sua gestão a empresários na Federação das Indústrias do Estado de Rio (Firjan), que o “sinal amarelo acendeu” depois que pesquisas apontaram Lula e Bolsonaro à frente nas eleições do próximo ano.

“Não reconhecer isso é fugir aos fatos. Tanto Lula quanto Bolsonaro estão bem fortalecidos. É muito triste para o Brasil que tenhamos apenas essas duas opções, de extrema esquerda e extrema direita”, afirmou.

O prefeito disse ainda: “A hora é agora. Recomendo com muita modéstia aos líderes partidários uma conversa até o início do ano que vem para a formação dessa frente, com propostas para o Brasil”, afirmou, citando diretrizes como privatizações e abertura de mercado a estrangeiros.

(Com informações do Estadão.)

Comentários