Política & Justiça

Capital e interior de olho nas eleições

diario da manha

A pesquisa Serpes/Acieg ava­liou os candidatos em estra­tificações diversas, como a idade, escolaridade e região de re­sidência do eleitor. Foram colhidas entrevistas na capital e nas regiões Centro (que compreende Anápo­lis, Aparecida de Goiânia e Região Metropolitana), Norte (a partir de Ceres até Niquelândia), Entorno de Brasília (de Luziânia até Águas Lin­das), Sul (que inclui Catalão, Caldas Novas e Itumbiara), Sudoeste (Ja­taí, Palmeiras e outras) e Nordeste (Goiás, Faina, Iporá e outras).

Na estimulada, quando é acresci­do o nome do ex-prefeito Otávio Lage (PSDB) ao lado de Ronaldo Caiado (DEM), do deputado federal Daniel Vilela (PSDB) e do vice-governador Jose Eliton (PSDB), o Serpes procu­rou analisar a performance dos can­didatos em relação aos votos de cada um na capital e nas macrorregiões do Estado. O senador Ronaldo Caia­do (DEM) é líder absoluto na Região Norte, com 52,4%, registra 44,4% no Sul e no Sudoeste, 43,6%, na capital. Seus piores índices são no Entorno de Brasília (35,5%) e no Centro (40,6%).

O deputado federal Daniel Vilela (PMDB) tem suas melhores avalia­ções no Sudoeste (14,8%), Nordes­te goiano (14,7%) e no Centro (14%), registrando apenas 2,9% no Nor­te e 5% na capital.O vice-governa­dor José Eliton (PSDB) se destaca no Norte (16,2%) e no Entorno (7,6%) e tem 5,4 % em Goiânia. O ex-prefeito Otávio Lage (PSDB) soma 8,1% no Sul, 6,7% no Norte e 5,8% na capital.

Esta mesma simulação mostra que Caiado tem mais votos do elei­tor do sexo masculino (48,3%) do que feminino (37,2%). Os demais can­didatos encontram-se equilibrados neste quesito. Caiado (44,6%) e Da­niel (18,1%) recebem mais votos dos eleitores de 16 a 24 anos. Eliton (7,5%) e Lage (6,6%) entre os de 50 anos ou mais. O senador é preferido entre os eleitores com ensino fundamental (47,5%), mesma faixa em que o pee­medebista é mais votado (13,1%). Eli­ton conta com 11,5% entre os eleito­res que apenas sabem ler e escrever e Lage conta com 5% entre os eleitores que possuem curso superior.

Na espontânea, Ronaldo Caiado tem maior número de votos entre os eleitores de 35 a 49 anos, mesma fai­ xa etária em que se destaca José Eli­ton. Daniel Vilela se sobressai entre os eleitores mais jovens, de 16 a 24 anos. Em relação à escolaridade, Caiado se destaca no eleitorado com curso su­perior, assim como José Eliton, en­quanto Daniel Vilela tem mais votos no eleitorado que apenas lê e escreve.

SENADO

Na disputa ao Senado, o gover­nador Marconi Perillo (PSDB) re­gistra equilíbrio entre os votos do eleitorado masculino (13,6%) e fe­minino (13,6%), se sobressai entre o eleitorado de 16 a 24 anos (20,6%) e naqueles que têm apenas o ensi­no fundamental (14,9%). A senado­ra Lúcia Vânia tem mais votos entre as mulheres (10,1%), nos eleitores de 35 a 49 anos (10,3%) e também no ensino fundamental (14,9%). O ex-prefeito Maguito Vilela (PMDB) tem mais votos entre os homens (10,9%), no eleitorado entre 35 e 49 anos (12,4%) e ensino fundamen­tal (11%). O vereador Jorge Kajuru (PRP) tem 5,7% entre as mulheres (contra 10,7%) no eleitorado mas­culino, 9,2% entre os eleitores de 25 a 35 anos e 8,1% naqueles que têm o ensino médio. Dona Iris (PMDB) é melhor votada entre as mulheres, enquanto Flávia Morais (PDT) en­tre os homens. A deputada federal soma mais votos entre aqueles de 25 a 34 anos e no ensino médio, en­quanto a primeira-dama de Goiâ­nia, no eleitor de 35 a 49 anos e nos que apenas sabem ler e escrever.

Jorge Kajuru lidera na capital, com 14,1%; Marconi Perillo no En­torno de Brasília (20,1%), Maguito Vi­lela no Norte (11,4%), Iris Araújo no Sul (9,3%), Flávia Morais no Nordes­te (14,3%). A maior rejeição de Lúcia Vânia é na região Centro (28,4%), a de Marconi na capital (48,5%), de Kaju­ru no Sudoeste (32,6%), de Dona Iris no Sul (30,4%) e de Flávia no Norte (43,8%). OsenadorWilderMoraistem maior resistência no Centro (21,4%).

 

Comentários