Política & Justiça

Magda Mofatto defende a liberação do comércio de armas

diario da manha

A deputada federal Magda Mo­fatto (PR), ao defender a libera­ção do comércio de armas no País, ressaltou que é preciso aca­bar com o Estatuto do Desarma­mento para que o cidadão encon­tre uma alternativa de segurança. Para a parlamentar, o Estado não consegue fazer o trabalho de ga­rantir a segurança do cidadão. Para ela, a polícia não tem es­trutura suficiente para proteger a população.

“Não adianta você pensar que a polícia existe para garantir a segurança do cidadão de bem. A polícia não tem condição de ter número de pessoas e estru­tura suficiente para poder prote­ger toda sociedade”, argumenta.

Na avaliação da goiana, a revogação do Estatuto do Desarmamento vai permitir que cada cidadão tenha condi­ção e o direito de se defender, e assim, diminuir a cri­minalidade. Ela frisa “que o ban­dido se sente seguro porque tem certeza que onde for, vai encon­trar o cidadão indefeso”.

“Nós temos que deixar o bandi­do com medo de morrer porque é gente também, e como gente, tem os seus sentimentos e os seus me­dos. Acabar com a tranquilidade do bandido é um dos principais itens na revogação do Estatuto do Desar­mamento”, defendeu a republicana.

Comentários