Política & Justiça

Marcelo Odebrecht deve deixar a prisão nesta segunda-feira (19/12)

diario da manha
RIO DE JANEIRO/BRAZIL, 14APR09 - Participants captured during the World Economic Forum on Latin America in Rio de Janeiro, Brazil, April 14, 2009. Copyright <a href="http://www.weforum.org">World Economic Forum</a> (<a href="http://www.weforum.org">www.weforum.org</a>)/Photo by Cicero Rodrigues

O empresário Marcelo Odebrecht deve ser solto nesta terça-feira (19/12), após passar dois anos e meio na cadeia. O herdeiro de uma das maiores empresas do País foi preso em junho de 2015 pela Lava Jato.

Odebrecht foi condenado em dois processos, pelos crimes de corrupção ativa, lavagem de dinheiro e associação criminosa. O total da pena somaria 31 anos e seis meses de prisão, que foram reduzidos a 10 anos por conta de um acordo de delação premiada que fez com a Procuradoria Geral da República.

Ele irá cumprir o restante da pena em regime domiciliar fechado, e poderá ganhar o direito de cumprir regime aberto nos últimos dois anos e meio de pena. Como destaca o portal Metrópoles, ele ficará em uma mansão de cerca de três mil metros quadrados em um bairro nobre de São Paulo. O ex-presidente da Odebrecht será monitorado por uma tornozeleira eletrônica.

Ele também será submetido a um esquema restrito de visitas, que se limita a familiares, advogados e pessoas que devem ser predeterminadas em uma lista entregue à Justiça. Ele também contará com restrições para saídas pelos próximos dois anos e meio. A Justiça também determinou que Marcelo Odebrecht está proibido de assumir qualquer tipo de função na empresa e está proibido de receber visitas de investigados ou condenados na Lava Jato.

(Foto: Cicero Rodrigues/ World Economic Forum (15/04/2009)

Comentários