Política & Justiça

Prédio que seria para Aécio Neves vai a leilão por 15% do valor que foi comprado

diario da manha
Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Um prédio que teria sido comprado para o senador Aécio Neves (PSDB-MG) em Belo Horizonte foi colocado à venda por 15% do valor que o empresário Joesley Batista afirmou ter pago pelo imóvel.

Joesley disse que comprou o prédio fingindo que a propriedade valia R$ 17.3 milhões. Segundo ele, a ideia era passar dinheiro para Aécio. As informações são da Folha de São Paulo.

Ainda de acordo com o jornal, uma avaliação feita pela Justiça determinou que o bem fosse leiloado e fixou o preço do prédio em R$ 2,5 milhões. O valor do lance mínimo ficou estipulado em R$ 750 mil.

Além do edifício, também será leiloado um terreno vizinho. O leilão estava marcado para ocorrer no dia 22 de novembro, mas teve que ser adiado por questões judiciais.

O empresário afirmou em delação premiada que concordou em pagar um valor superfaturado pela propriedade e com esse dinheiro cobriria despesas como dividas de campanha do senador Aécio Neves.

 

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Comentários

Mais de Política & Justiça