Política & Justiça

“Serei candidato à presidência aconteça o que acontecer”, afirma Lula

diario da manha

Seis dias antes do julgamento do recurso em segunda instância no caso do tríplex no Guarujá, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que pretende ser candidato à Presidência “aconteça o que acontecer”. Ele fez essa afirmação durante um discurso em um ato de artistas e intelectuais em seu apoio.

De acordo com o jornal Estadão, no evento ocorrido em São Paulo, Lula ainda voltou a acusar os adversários de tentarem criminalizar o PT. “Se não for como candidato, serei cabo eleitoral”, explicou o petista.

Lula foi condenado em primeira instância no caso do apartamento. Segundo a Justiça, a empreiteira OAS, reformou o apartamento que seria do ex-presidente, como forma de pagar propina por vantagens indevidas do governo.

No caso de confirmação da condenação, Lula pode ficar inelegível por conta da lei da Ficha Limpa. O ex-presidente afirma estar tranquilo e com a consciência limpa. “A minha tranquilidade vai infernizar a vida deles”, completou.

 

(Foto reprodução)

Comentários