Política & Justiça

Pessoas com deficiência e idosos podem ser beneficiadas com projeto de lei que propõe isenção de pedágio em Goiás

diario da manha

Está disponível no Opine Cidadão da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego), um projeto de lei que autoriza as concessionárias de pedágio de Goiás a não cobrarem taxa de pedágio de pessoas maiores de 60 anos e portadores de deficiência física nas rodovias.  De autoria do do deputado Lucas Calil (PSD), o projeto tem como objetivo dar esse direito aos idosos e portadores de deficiência, pois o salário de muitos é defasados.

A matéria prevê ainda que o governo do estado “deve procurar proporcionar tudo aquilo que estiver ao seu alcance para garantir maior tranquilidade, conforto e benefícios a todos os idosos e deficientes do estado de Goiás e indiretamente a todos aqueles que um dia terão o prazer de passar por uma de nossas rodovias”.

Em Goiás, atualmente, possui sete rodovias que cobram pedágio em seu território localizadas nas cidades de Cristalina (BR-040), Ipameri (BR-050), Campo Alegre (BR-050), Alexânia (BR-060), Goianápolis (BR-060), Professor Jamil (BR-153) e Itumbiara (BR-153).

(Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Comentários